Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Brocas – Na medida Certa!

Brocas – Na medida Certa!

Brocas – Na medida Certa!

Quantas vezes deu por si a querer pendurar um quadro e no fim da sua “pequena obra” olhar para a parede e em vez de uma obra de arte, só encontra buracos pelas tentativas desesperadas que fez? Umas quantas? Então estes truques e dicas são para si.

Antes de mais saiba o que é uma broca. Uma broca é aste metálica que deve ser montada na extremidade de um berbequim ou de uma torna. A semelhança é a de um parafuso, e serve para perfurar de forma a deixar um buraco fundo com um diâmetro regular e igual em todo o seu comprimento.

Existem vários tipos de brocas. A broca para madeira é feita de aço cromo-vanádio. A ponta da broca é fina e os ondulados são mais espaçosos.

De seguida tem a broca em espiral para metal. Estas brocas dividem-se em três categorias (para diferentes metais) e são fabricadas em aço rápido.

Por último, as brocas para pedra. As brocas de pedra servem para perfurar locais muito duros, como cimento, alvenaria, betão ou pedra. A extremidade da broca é revestida por uma pastilha de metal que assegura a robustez da broca.

A variedade de brocas é imensa, e existem ainda brocas próprias para vidro, por exemplo.

Além das variedades de brocas, existem ainda as variedades de tamanhos. Escolher o tamanho, vão depender do parafuso que posteriormente vai segurar o seu quadro na parede.

Depois de escolher a broca ideal para o trabalho que quer executar, verifique quantos buracos necessita fazer. A eventualidade de ser um quadro pequeno, um buraco bastará, mas se o quadro tiver um porte grande e a moldura seja pesada, vai necessitar fazer mais do que um buraco.

Com a ajuda de um nível (aparelho que serve para nivelar) faça pequenas marcas com a ajuda de um lápis.

Quando colocar a broca no berbequim ou na torna, tenha especial atenção para que esta fique bem colocada e presa. A colocação da broca deve ser feita com toda a atenção, pois se a colocação não for correta, esta pode saltar e feri-lo.

Agora aventure-se. Encoste a broca à parede e prima o botão. O barulho vai ser algum e se o berbequim não tiver depósito de lixo, vai fazer algum pó.

Com o braço firme, vá fazendo força e pressão. Quando o buraco estiver feito, insira uma bucha que deve ter o mesmo número que a broca. Aperte e voalaa. A obra está concluída.


Carla Horta

Título: Brocas – Na medida Certa!

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

771 

Imagem por: INeedCoffee / CoffeeHero

Comentários - Brocas – Na medida Certa!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios