Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Porque Temos Pesadelos?

Porque Temos Pesadelos?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Porque Temos Pesadelos?

Falar em sonhos e não falar em Freud é não tocar no assunto sequer de forma muito ao de leve. “O sonho é a estrada real que conduz ao inconsciente”. Com esta afirmação, Freud defendia que os sonhos e a vida real estão interligadas de forma absoluta e única.

Em meados de 1800 acreditava-se e defendia-se que os sonhos tinham significados ocultos, misteriosos e muitas vezes esotéricos, ao ponto de muitas pessoas se sentirem culpadas e reprimidas por algo que sonhassem, quer fosse um sonho ou um pesadelo.

No entanto, Freud e os seus estudos exaustivos concluíram que os sonhos em tudo tem a haver com aquilo que vivemos no nosso dia a dia. Mais acrescento – afirmava que a essência do sonho é a realização de um desejo infantil que está desde há muito reprimido.

Través destes estudos, mostrou a existência do inconsciente e deitou por terra todas as histórias ocultas e misteriosas que se contava acerca dos sonhos.

Nos dias que correm, a ciência comprova que os sonhos são uma fase do sono onde o que vivenciámos durante o dia, fica gravado na nossa memória. Comprovam que os sonhos são antes de mais fenómenos psíquicos que revelam acima de tudo quem somos na realidade.

Mas se Sigmund Freud estudou os sonhos, não deixou os pesadelos por decifrar. Os pesadelos são consequência de fases de maior stress, ansiedade ou algo que no nosso subconsciente é ameaçador ao nosso bem estar físico ou emocional.

Na realidade, os pesadelos são o reflexo dos nossos medos. Os sonhos maus que temos, acontecem quando estamos mais nervosos ou quando alguma coisa na nossa vida nos incomoda de forma permanente ou persistente. A tensão psíquica a que muitas vezes estamos sujeitos fazem-nos ter pesadelos e muitas vezes concluir em situações de acordar sobressaltado.

A história dos sonhos tem uma vida extensa. No Alcorão, várias são as passagens sobre os sonhos que Maomé teve e que influenciaram todo o livro sagrado dos Muçulmanos. Também na Bíblia Sagrada – o livro dos Cristãos, se encontram passagens idênticas.

Somos feitos de muitos sonhos acordados e não é difícil perdermo-nos de olhos abertos quando afinal não estamos a dormir. No entanto, desejos, agonias, tensão, stress e pressões ou preocupações são aquilo que fazem os nossos sonhos ou pesadelos.


Carla Horta

Título: Porque Temos Pesadelos?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

609 

Comentários - Porque Temos Pesadelos?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios