Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Lacrosse - aprenda a controlar a bola

Lacrosse - aprenda a controlar a bola

Categoria: Desporto
Comentários: 2
Lacrosse - aprenda a controlar a bola

O lacrosse, ou futebol com sticks, nasceu na América do Norte, no século XV. Não muito disseminado na Europa, conjuga força, velocidade, controlo da bola e aptidão para jogar em equipa. O esforço conjunto visa inserir uma pequena bola numa baliza, utilizando uns sticks com uma rede no topo.

Foi engendrado pelos índios, que lhe atribuíram o extenso nome de dehuntshigwa’e, designando algo como «homens batendo num objecto redondo». Os colonos franceses deram-lhe a actual denominação, que derivará, presumivelmente, da frase: Le jeu de la crosse (o jogo dos bastões).

Nos primórdios, os jogos eram assaz violentos, chegando a registar-se mortos em campo. As batalhas estendiam-se em duração, podendo atingir os três dias, e em número de jogadores (500 a 1000). Recorria-se ao lacrosse para solucionar contendas e para adestrar jovens soldados. Inicialmente, as bolas eram de couro, madeira ou pedra, usando-se, igualmente, crânios das tribos inimigas dissecados.

No século XIX, os Franceses aperfeiçoaram este desporto, tornando-o mais civilizado. Em 1867, um dentista canadiano, William Beers, concebeu um regulamento, encurtando o tempo de jogo e limitando os jogadores a dez por equipa (12 em femininos).

No lacrosse de homens ao ar livre, cada equipa possui três atacantes, que só marcam golos; três médios, que tanto podem marcar golos como defender a sua baliza; três defesas, cujo papel é, unicamente, defender; e um guarda-redes. A finalidade do grupo é marcar golos, metendo uma bolinha de borracha sólida numa baliza. Para tal, usam sticks, que podem ser curtos (pouco mais de um metro), normalmente empregues pelos avançados e médios por serem mais manobráveis, ou longos (entre 132,08 e 182,88 centímetros), aproveitados pelos defesas e guarda-redes por terem tamanho superior e protegerem melhor a baliza. As balizas são quadradas (1,80 x 1,80 metros), e ficam dentro de uma área circular, com cinco metros e meio de diâmetro.

Os golos são válidos se todos os elementos da equipa estiveram no meio-campo adversário. Sendo o contacto físico consentido – corpo contra corpo e stick contra stick. A falta só se comete em caso de stick contra corpo –, os atletas trazem capacetes e luvas e, geralmente, ombreiras, cotoveleiras, joelheiras, protecções para as costelas…

O jogo começa com um “frente-a-frente” semelhante ao do hóquei, com a bola no chão e dois jogadores a disputá-la com o stick. Apanham a bola e passam-na pelo ar até chegarem à baliza adversária. Podem correr com a bola guardada no stick e, inclusive, chutá-la (no lacrosse feminino o pontapé não é permitido).

O ritmo é rápido e a média é de dez a vinte golos por partida. O relógio não pára, excepto quando o árbitro considera que a perda de tempo será excessiva, nos derradeiros três minutos da última parte do jogo.

Não obstante a “velhice” do lacrosse, somente em 2001 teve lugar a realização da primeira edição do único campeonato profissional do mundo – o MLL (Major League Lacrosse), nos Estados Unidos.



Maria Bijóias

Título: Lacrosse - aprenda a controlar a bola

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

645 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Smithg986

    14-10-2015 às 20:14:42

    Enjoyed examining this, very good stuff, thankyou . While thou livest keep a good tongue in thy head. by William Shakespeare. kgddkeeaakebbedd

    ¬ Responder
  • CarlosCarlos

    19-10-2009 às 11:21:24

    E ai. Eu adoro o jogo do stick de luta,ele é muito legal voces não acham?

    ¬ Responder

Comentários - Lacrosse - aprenda a controlar a bola

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios