Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > De bola no ar

De bola no ar

Categoria: Desporto
De bola no ar

O voleibol é o desporto exactamente apropriado para o ginásio ou quadra coberta mas que pode também ser praticado ao ar livre : volei de praia-tão popular nos dias de hoje…

Qualquer número de pessoas pode praticá-lo :é disputado por 2 equipes de 6 jogadores cada 1,com o objectivo de fazer passar a bola por cima de uma rede para que ela caia no campo defendido pela equipa adversária ou fazer com que essa mesma equipa a arremesse para fora dos limites do campo.

Para atingi-lo, os jogadores podem golpear a bola com qualquer parte do corpo acima da cintura, mas nunca por duas vezes seguidas. 

Ao contrário de outros desportos, como o futebol ou o basquetebol, o voleibol é jogado por pontos e não por tempo, cada partida é dividida em sets que terminam quando uma das equipas conquista 25 pontos.

A bola de voleibol é composta de couro ou couro sintético e mede aproximadamente 65 cm de perímetro. Ela pesa em torno de 270g e deve ser inflamada com ar comprimido a uma pressão de 0,30kg/cm.

O voleibol para atletas com deficiência entrou nos jogos paraolímpicos como desporto de demonstração para amputados em Toronto,1976. Estes tanto praticam voleibol sentado como voleibol em à sua escolha.

 Um jogador que deseja competir a nível internacional precisa dominar um conjunto de seis habilidades básicas: saque (ou serviço),passe (ou recepção),levantamento, ataque, bloqueio e defesa.

Cada um destes compreende um certo número de técnicas que foram introduzas ao longo da história do voleibol e são hoje consideradas prática comum neste desporto que , além de incentivar o contacto, em grupo; queima calorias e tonificar os músculos (durante uma partida, um jogador dá de 60 a 80 saltos entre os saques ataques e bloqueios…alguns podem chegar a 100 saltos!).

É o ideal depois de uma banhoca no mar, uma água fresquinha…e toca a jogar!!!


Rua Direita

Título: De bola no ar

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

633 

Imagem por: jenschapter3

Comentários - De bola no ar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: jenschapter3

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios