Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Maria Antonieta de las Nieves(Chiquinha)

Maria Antonieta de las Nieves(Chiquinha)

Categoria: Biografias
Visitas: 8
Maria Antonieta de las Nieves(Chiquinha)

É casada desde 09/07/1971 com o produtor de televisão Gabriel Fernández, com quem tem dois filhos: Verônica e Gabriel.3

Antonieta realizou o seu primeiro trabalho aos 8 anos de idade na novela La Leona, na qual era a protagonista. Em 1963 recebeu o prêmio de atriz infantil, dois anos após recebeu novamente o mesmo prêmio.

Em 1971 integrou o elenco da série Chespirito, onde permaneceu até outubro de 1973.

Em 1974, María Antonieta foi contratada pela TV Azteca para apresentar o programa Pampa Pipiltzin, que era exibido de segunda a sexta.

Em 1975 voltou a gravar El Chavo del Ocho até 1980, e no seriado Chespirito, ficou até 1995, um ano quando se encerraram definitivamente as gravações. Na série Chespirito atuou como a personagem Chiquinha, e como Dona Neves, junto com o Doutor Chapatin. Também fez a personagem Maruja em Chaveco.

Em 1994, Antonieta passou a fazer a série Aquí está la Chilindrina, com apenas 20 episódios que foram reprisados em 5 anos - o que rendeu a ela um processo judicial movido por Roberto Gómez Bolaños, uma vez que Bolaños afirmava ser o detentor dos direitos autorais da Chiquinha. Antonieta acabou obtendo os direitos autorais da personagem.

Em 2002 Antonieta sofreu um infarto conseguindo se recuperar. Até 2003 foi proprietária de um circo, e atualmente é atriz de telenovelas. Fez também uma pequena aparição no seriado Skimo, da Nickelodeon.

Além da Chiquinha, a atriz é ainda responsável pela criação da Dona Neves, Bruxa Baratuxa (El Chapulín Colorado) e Marujita (Los Caquitos), pois além de atriz ela cria personagens e escreve histórias.4

Em 13 de outubro de 2011 ela visitou o Brasil e participou de uma edição especial do Programa do Ratinho no SBT.5

Em junho de 2011, supostos funcionários da Televisa estariam fazendo com que os shows da atriz fossem transferidos de cidades maiores para povoados, com isso Antonieta havia decido se aposentar, após ela decidiu desistir da aposentadoria.6 Em entrevista ela declarou que se passou de um mal-entendido, já que a viagem a Colombia tinha sido interrompida porque a Televisa avisou a artista que não poderia utilizar o nome da personagem.7

Em 3 de outubro de 2012 em entrevista ao jornal La Nación ela disse que está com fibromialgia, um tipo de doênça crônica causadora de dores em diversos pontos no corpo.8

Em 10 de novembro de 2013, o clima foi de festa no Domingo Legal. Celso Portiolli recebe, ao vivo, no palco do programa a atriz María Antonieta de Las Nieves, que interpreta a Chiquinha no seriado Chaves. Ela relembrou momentos marcantes da personagem no seriado e respondeu perguntas enviadas pelos internautas. Ela se emocionou em falar de Roberto Gómez Bolaños o Chaves, ela disse que tentou varias vezes entrar em contato com ele, ligando e mandando cartas mas ele nunca respondeu, e disse que ama muito ele.


Celso Junior Juniorcis

Título: Maria Antonieta de las Nieves(Chiquinha)

Autor: Celso Junior Juniorcis (todos os textos)

Visitas: 8

316 

Comentários - Maria Antonieta de las Nieves(Chiquinha)

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios