Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Amigo Cão

Amigo Cão

Categoria: Animais Estimação
Visitas: 4
Amigo Cão

Quem ama um cãozinho de estimação sabe que aquele belo peludo (que às vezes é mais pelado que peludo)é muito mais que um animal, é um membro da família.

Os cães tem um "q" diferente. Já reparou que sempre tem um cão com um morador de rua, um grupo de andarilhos embaixo de uma ponte (drogados, pessoas desiludidas com vida e não necessariamente mendigos) e aquelas importantes pessoas que vivem recolhendo os nossos lixos das ruas para reciclar?

Pois é, o cão é mesmo fiel. Ele sabe que essas pessoas não tem muito para lhes ofertar, mas estão ali. Firme e fortes.

Muitos ao ver a cena sentem nojo e repudio, achando que o cachorro é "nojento" por andar junto com pessoas sujas e consequentemente ficar na sujeira. Sabe, se quem pensa dessa forma entendesse a essência de um cão... seria tão mais feliz.

O seu amigo patudo (aquele que você tem, teve ou repudia a ideia de ter) é um símbolo de fidelidade. Ele tem as suas necessidades, mas é capaz de renunciar a todas elas se for para te fazer feliz. A sua felicidade é a felicidade dele também.

Mesmo sem ter o que comer, ele fica do seu lado. Quando tudo estiver dando errado e o mundo lhe virar as costas, só há dois "amigos" que vão ficar do seu lado: Deus e um cão.

O cão é tão fiel que talvez seja essa a sua missão: nos ensinar. Todas as criações de Deus são perfeitas e tem um propósito. Talvez devêssemos nos comportar mais como um cão. Não de forma submissa, mas de forma fiel. Quando as pessoas brigam, não importa o quanto elas se gostam, elas se ferem. Se são de cores diferentes, usam isso para atacar uma as outras. E isso parte de ambas as partes, sem essa de síndrome do coitadismo, pois na prática sabemos que é diferente.

Quando o marido é mal educado com a esposa, ela quer pagar na mesma moeda e vice versa. Quando seu chefe é injusto, você deseja que alguém seja injusto com ele. Esse é o ciclo do único animal racional do mundo: o ser humano.

Mesmo se bater nesse cão e deixá-lo o dia todo embaixo de sol, com fome e sede, ao chegar em casa ele vai te saudar com latidos alegres e um rabo batendo ultra rápido "pra lá e pra cá".

Valorize o seu cão. Não o maltrate. Seja justo. Deus ama a justiça. Não deixe para pensar em ser diferente quando ele der seus últimos latidos. Não quero te assustar, mas os cães vivem pouco. Afinal, eles são mais evoluídos como irracionais do que nós... então, antes de bater nele por sujar sua roupa, pense que bacana seria perder uns minutos correndo com ele, lhe dando um abraço ou simplesmente dizendo: "Você é o melhor cachorro do mundo, seu chato!"

Ah os cães, que feliz quem já conheceu ou está conhecendo o amor de um. Cachorro é tudo de bom.


Syl Polanski

Título: Amigo Cão

Autor: Syl Polanski (todos os textos)

Visitas: 4

429 

Comentários - Amigo Cão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios