Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Animais domésticos

Animais domésticos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 10
Comentários: 2
Animais domésticos

O cão foi o primeiro animal a ser domesticado. Surge no neolítico, associado á agricultura e pastorícia. Ou seja, ele acompanhava muito o homem quando ia para os campos a guardar os rebanhos.

Deste modo ele ficou sendo sempre como o seu maior amigo. Guardava-o de alguns perigos, tal como aos animais do rebanho.

O gato, apesar de inimigo, anda sempre a par com ele, permanecendo este mais em volta da casa do seu dono ou mesmo dentro da habitação. É por isso que o gato ficou sempre, bem como o cão fiel a seu dono e tratado nalguns casos como membros da própria família. Ainda hoje isso acontece, havendo pessoas que dão muito dinheiro por eles, e os tratam muito bem dentro de casa.

Tal como o homem, os animais merecem ser tratados convenientemente, desde a sua alimentação, saúde e conforto.

Apesar de haver muitos cães e gatos vadios e á solta, outros porém são considerados como um luxo para os seus donos. Neste caso são-lhes prestados todos os cuidados, desde a comida apropriada, cama, banho e veterinário.

Quem tem estes animais em casa deve ter muito cuidado em ter as vacinas sempre em dia para não propagar doença nos donos ou outros. No caso dos gatos, torna-se necessário ter cuidado com os seus pelos que podem provocar alergias a crianças e adultos. A conjuntivite também aparece ou piora com  o seu contacto. Devem deste modo ser lavados para evitar o pior. A higiene do animal bem como dos seus detritos é fundamental para evitar as doenças.

Relativamente ao cão, normalmente está mais fora de casa, no quintal ou quinta, apesar de deambular para dentro e fora.

A alimentação deve ser apropriada bem como a higiene e vacinação. A raiva é uma doença que pode transmitir se se verificar o oposto.

Quando estes animais se tornarem indesejados devem ser levados para um canil. O abandono deve ser sempre evitado.

Associado aos devidos cuidados deve estar o tratamento carinhoso, pois eles também sentem os maus tratos. O seu inverso torna-os uns grandes amigos do seu dono.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Animais domésticos

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 10

808 

Imagem por: Yukari*

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-06-2014 às 18:39:10

    É muito bom ter animais domésticos. Além de sabermos o valor deles, temos muito o que aprender com eles.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • joaquim alves de almeidajoaquim alves de almeida

    02-02-2010 às 12:14:21

    Bom dia
    Poderia de mim orienta sobre meu pit Bull ele tem dois anos mas e tão sossegado que não parece cão de guarda, já arrumei uma namorada para ele mas acho que ele e mais novo porque só brincou com a cadela ele esta dormindo muito dia e noite nem parece um cão tão feros e difícil ele latir quais nunca será que e porque ele estava com umas pulgas nas dei banho com shampoo anti pulgas e coloquei a coleira anti pulgas no pescoço dele e lavei o canil bem lavado com inseticida para pulga será que ele esta doente ele esta com uma carinha de triste.
    Obrigado

    ¬ Responder

Comentários - Animais domésticos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Yukari*

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios