Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Os hábitos dos pombos

Os hábitos dos pombos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 46
Comentários: 2
Os hábitos dos pombos

Apesar de muitos serem verdadeiros amantes columbófilos, os pombos não são animais que agradem a todos. Com uma história vingada desde os tempos mais remotos, os pombos não ocupam lugar no coração dos Portugueses, que de vez em quando são vítimas destes tão inteligentes animais.

Até pode haver quem diga que dá sorte e que é sinal de dinheiro, mas o vestígio de um pombo é sempre um incomodo.

Desengane-se quem acha que só nas cidades monumentais Portuguesas, se sofre deste mal. Nas mais variadas cidades Europeias (Madrid, Londres, etc.), os pombos, apesar de animais simbólicos, assombram o passeio de qualquer morador ou turista e pior, o espaço aéreo.

As queixas têm cada vez mais aumentado de número em qualquer cidade que seja “vitima” da excessiva procriação destas aves.

Não se trata só da destruição do património (monumentos por exemplo), mas também da saúde pública em geral.

Ao longo dos anos, esta situação tem sido seguida por especialistas que utilizando métodos contracetivos, conseguem controlar a multiplicação quase massiva dos pombos, sem que para isso esteja em risco a sua reprodução. Este programa visa somente a controlar a reprodução e em caso algum a esterilização da espécie columbófila. Por norma, este tipo de programas é controlado e posto em prática pelas Câmaras Municipais, sendo composto por várias fases e tendo por base a contraceção por via oral, criando habituação às aves. Se todos os dias, no mesmo local, for colocada a alimentação medicada aos pombos, estes criam um ciclo de habituação alimentar e consequentemente a medicação para controlo de natalidade.

Em cidades como Veneza este projeto posto em prática tem apresentado resultados bem positivos.

Existem no entanto, outras formas de afastar este animal que muitos consideram tão incómodo.

Em Londres, em frente ao Palácio do Parlamento, encontra-se a estátua de Wiston Churchill. Diz-me que Churchill (um dos mais conhecidos Primeiros Ministros Ingleses) odiava pombos. Por esta razão, a estátua ali colocada em sua homenagem é eletrificada.

Se o problema dos pombos não é só quando passeia na rua, e se estes bicharocos o incomodam nos parapeitos das janelas da sua casa, sugerimos-lhe algumas soluções.

Os pombos receiam, tal como a maioria dos pássaros, objetos que se movimentem. Assim, experimente colocar retalhos de sacos de plástico nas suas janelas, perto dos parapeitos. Apesar de ser indiferente a cor dos sacos, se fizer uns pequenos molhinhos coloridos, o aspeto pode ser bastante mais engraçado.

Existem ainda no mercado uns espetos que são vendidos em rolo que poderá colocar no parapeito. Os ditos espetos são de arame e impedem que os pombos adotem o seu parapeito para descansar das viagens.

Apesar de a maioria estar de acordo com os inconvenientes que são os pombos, nunca se esqueça que se tratam de animais, e de forma alguma poderá apostar numa atitude que atente sobre a vida dos bichos. Os animais têm direitos.


Carla Horta

Título: Os hábitos dos pombos

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 46

798 

Imagem por: Wittekind

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-06-2014 às 18:49:42

    Adoro jogar comidinhas nas praças para os pombos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBras

    06-06-2010 às 23:28:16

    Deixem os pobres dos bichos em paz!

    Deveriam ter eletrificado era o pinguço do Churchill..

    ¬ Responder

Comentários - Os hábitos dos pombos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Imagem por: Wittekind

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios