Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Sons da Alma

Sons da Alma

Categoria: Literatura
Sons da Alma

Guardei
Guardei o coração de um anjo
Onde as minhas maiores relíquias
Eu escondo até de mim que tanto sabe
O que não vê,
Como muito menos compreende
Ao significado do amor que há cada instante cresce
Ainda mais a medida que o relógio faça
Com que dá noite nos aproximemos há cada
Milésimo de segundo que te guardo em minhas lembranças
E quando no seu nome eu esboço citar.

Por Inteiro
Por inteiro entrego nas mãos de
Seu coração de anjo
A minha vida repleta tantas
Passagens para o submundo de ilusões,
De caricatas paixões,
Amores fantasiados pela
Tão submissa felicidade que fora
Castigada pela infelicidade de um dia ter amado
Tanto para que impedisse o meu coração de um dia
Perder a visão e minha alma de os quatro outros sentidos
Perder como se uma pessoa fosse há medida
Que se acelerava em determinados momentos e instantes.

Passagens
Passagens para um mundo
Repleto de dores por tanto amar
Sem que isso o faça calar a voz do coração
Ou fazer de a voz da alma ficar rouca
Como o som do motor de um carro velho
Que mesmo roncando faz com que seu tempo
Ande mais rápido do que ao seu carro que na velocidade
De uma tartaruga o faça viver momentos
Tão delicados e sublimes da vida que não temos
O dom de nos fazer reviver o mesmo dia como o meu
Desejo de novamente lembrar do dia em que nos conhecemos,
O nosso primeiro olhar sagaz de comer
Com os olhos o meu desejo de como você viver
A eternidade e alcançar o horizonte do infinito.

Passado
O meu passado repleto
De histórias que me constrange
Mas que hoje me faz lembrar que sou vencedor,
Que sou guerreiro,
Que sou como o homem de ferro devido
A fé que meu coração reserva já que não mais é
Possível que um dia sonhe em derrubar um herói que,
Dos vícios das drogas me fez escapar
Como um rato que foge a todo custo das garras
De um gato que nada tem a ver com o meu passado
Da qual não tenho nem o prazer de relembrar já que
Seria uma forma de reviver tudo novamente e
De bandeja cair nas mãos da depressão.

Há Medida
Há medida que mais amo
A quem ainda não tive a felicidade de encontrar
Como aqui por dentro parece me corroer por dentro
Por sempre pensar que um resquício de ilusão me jogará
Ao infinito da escuridão,
Recinto da solidão e
Sacramentado pelo silêncio que tortura
Até as sombras de um infinito da qual não faço
Questão de viver sem o delicado perfume de um anjo que
Tanto admiro que seria na mesma medida
Em que arde o fogo que me incendeia.


Kaique Barros

Título: Sons da Alma

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Sons da Alma

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios