Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Como Utilizar um Extintor

Como Utilizar um Extintor

Categoria: Segurança
Visitas: 2
Comentários: 2
Como Utilizar um Extintor

Todos sabemos algumas regras básicas no que diga respeito a evitar incêndios. Na verdade, também somos capazes de dizer algumas regras base quanto ao actuar perante um incêndio, ou pelo menos fugir dele.

Sentimo-nos capazes de muitas coisas, mas será que no momento, bloqueamos, entramos em pânico, prejudicamos, ou somos de facto úteis? Só conseguirá avaliar-se mesmo perante uma situação de perigo, neste caso de incêndio.

Em todo o caso e com veia de herói ou não, é essencial saber alguma informação sobre extintores. Como sabe, os extintores servem para apagar incêndios de pequena dimensão, ou pelo menos atenuar até à chegada dos bombeiros.

Em primeiro lugar deve saber que existe vários tipos de extintores. Extintores de água pressurizada, de espuma, de pó químico, Pó químico com cilindro de gás e de Gás carbónico.

Os extintores de água pressurizada servem somente para incêndios cujo fogo atinge papeis, madeiras, fibras ou plásticos. Não devem em caso algum ser utilizados para extinguir ou atingir aparelhos eléctricos. Para o utilizar, basta remover a chave de segurança (um pequeno pino) e posicionando a mangueira, apertar o gatilho.

Também os extintores de espuma não devem ser utilizados em aparelhos eléctricos. São os mais comuns, e para serem utilizados, devem ser colocados de cabeça para baixo, para que o jacto de espuma saia automaticamente. A espuma só parará de sair quando o extintor tiver acabado, ao contrário dos que têm mangueira.

Os extintores de pó químico servem para qualquer tipo de incêndio. A forma de utilização é igual à dos extintores a água. Retire o pino e pressione o gatilho para disparar.


Os extintores de pó químico com cilindro de gás ou os extintores de gás carbónico são também eles para qualquer tipo de incêndio. Também a sua utilização é igual. Retire o gatilho, aponte para o fogo e aperte o gatilho (ou cavilha no caso do último extintor).

A utilização de um extintor é fácil mas acima de tudo é necessária a calma. Heroísmos ou histerismos vão atrapalhar, pelo que tem de salvar o que quer que seja (mesas, papeis, etc.) com muita calma.

Naturalmente que se estiver perante um grande incêndio, a utilização de um extintor de pouco lhe vai adiantar para salvar equipamentos ou mobiliário, mas pode salva-lo a si ou aos que estão consigo.

Na eventualidade de se deparar com uma situação complicada, não se dê a aventuras. Chame os bombeiros e sirva-se dos extintores para “queimar” tempo até á sua chegada.


Carla Horta

Título: Como Utilizar um Extintor

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

807 

Imagem por: puffyjet

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-05-2014 às 06:13:52

    É muito importante saber utilizar um extintor de incêndio, pois nunca sabemos em que momento iremos precisar. Adorei o texto!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • fernandofernando

    29-03-2010 às 20:15:25

    oi estou fazendo o curso de tst e gostaria de saber tudo sobre extintor.obrigado

    ¬ Responder

Comentários - Como Utilizar um Extintor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: puffyjet

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios