Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Antiguidades > Pátina em madeira: aprenda a técnica

Pátina em madeira: aprenda a técnica

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Antiguidades
Visitas: 78
Comentários: 27
Pátina em madeira: aprenda a técnica

A pátina é uma técnica de restauração de móveis antigos que renova e valoriza a peça, dando um visual novo a ela. Os móveis restaurados em pátina aumentam seu valor comercial devido ao processo artesanal pelo qual passam.

Essa técnica consiste em um trabalho feito com lixa e tinta dando um efeito de ação/desgaste do tempo muito suave e belo. Os gastos com esta técnica não são grandes. O custo é bem acessível e pode ser feito em qualquer móvel ou utensílio doméstico de madeira. Para realizar uma das várias técnicas de produção de pátina são necessários: uma lixa para madeira 120, duas cores a escolha de tinta látex, um pincel para pátina, água e verniz a base de água.

A primeira observação a ser realizada é verificar se o móvel apresenta alguma imperfeição ou não. Caso tenha algum furo ou buraco, ou esteja desnivelado, o que deve ser feito antes é cobrir essas imperfeições com massa corrida. Deve-se aguardar quatro horas até a massa secar. Após feito isso, se necessário, deve-se passar a lixa para deixar o local coberto com massa corrida liso e nivelado ao móvel.

Estando o móvel pronto para a prática da pátina, deve-se, primeiramente, lixar todo o móvel, tirando o verniz inicial da madeira. Com um pano seco, retira-se todo o pó obtido após lixar a peça. Depois disso, o passo seguinte é passar a primeira demão da tinta látex, escolhida entre as duas cores para ser a base da pátina; a cor que fica embaixo. Quando esta pintura secar, após duas horas, é necessária, ainda, uma segunda demão dessa mesma cor já utilizada. Mais duas horas de espera até que a tinta seque.

Após seca a base, deve-se preparar a segunda tinta látex da cor escolhida, diluindo-a em água. A medida ideal é uma parte de água para três de tinta látex. Pinta-se o móvel e rapidamente, com a ajuda do pincel de pátina, tira-se o excesso de tinta, dando o efeito pátina ao móvel. Depois de seco, passa-se o verniz a base de água em todo o móvel. De preferência, passam-se duas demãos de verniz, dando um resultado melhor.

Outra variação é feita com palha de aço, dando outro efeito de pátina, também muito bonito. Nesse, ao invés de diluir a tinta látex na água e retirar o excesso com um pincel, o recomendado é passar a palha de aço, retirando o excesso da tinta em um único sentido e de uma vez só. Deve-se fazer o processo por lados ou partes, sempre de cima para o sentido do chão.

Essas são apenas duas variações do efeito de restauração chamado pátina. Há ainda as técnicas conhecidas como pátina provençal e pátina lavada, entre outras. Na pátina provençal, muito famosa nos ateliers de pintura, também chamada de pátina francesa, pois teve sua origem no sul da França, é branca na superfície e utiliza a cor da própria madeira ao fundo. Dá um efeito rústico de desgaste e envelhecimento. Pela brancura da peça, também é conhecida por muitos como pátina branca.

Já a pátina lavada é outra forma de acabamento que garante ao móvel um aspeto envelhecido. O ideal é que se use as cores em tons sobre tons. Essa técnica diferencia-se das demais, pois o efeito envelhecido se dá quando se passa um pano de algodão em cima da tinta ainda fresca, fazendo riscos e deixando partes com mais tinta e outras com menos tinta, dependendo do resultado que se quer obter. É o pano que retira o excesso da tinta e faz o desenho. Pode-se substituir o tecido por uma esponja ou uma escova com cerdas macias.


Rosana Fernandes

Título: Pátina em madeira: aprenda a técnica

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 78

770 

Imagem por: SantaRosa OLD SKOOL

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 27 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoantonio

    19-06-2014 às 07:05:43

    Maravilha o texto - Pátina em madeira: aprenda a técnica
    esta na primeira pagina do google em aproximadamente 352.000 resultados

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 14:59:06

    Uma excelente maneira de dar mais vida aos móveis e agregar valor à peça. A Rua Direita agradece pela dicas sensacionais.

    ¬ Responder
  • MARILIA BRANT

    14-02-2014 às 14:54:49

    gostaria de arrumar meus móveis de sucupira antigo,mas não quero colocar cor,quero que eles voltem a ficar com aparência de novos.Como fazer???

    ¬ Responder
  • Marcia

    22-09-2013 às 14:43:20

    Ola, tudo bem??
    Tenho uma sala de jantar antiga de mogno, gostaria
    de fazer um patina, poderia me passar passo a passo para que posso fazer nao esta em meu orçamento mandar fazer eu mesmo preciso fazer.
    Aguarde um retorno por gentileza
    Obrigado
    Marcia

    ¬ Responder
  • Rosangela

    27-08-2013 às 17:25:31

    Boa tarde!! Moro no Rio de Janeiro, na tijuca e gostaria de uma indicação para alguem que faça pátina, tenho uma mesa com quatro cadeiras e um espelho, podem me indicar,gostaria de saber valores e tudo mais, por favor, caso alguem conheça favor indicar, muito Obrigada!!

    ¬ Responder
  • Fernando

    13-06-2013 às 15:14:42

    Boa tarde tenho para venda varios moveis antigos e muitas pedras antigas meu telm. e 968556091.

    ¬ Responder
  • claudia

    30-03-2013 às 20:45:23

    estou com uma porta velha que cortei no comprimento e quero fazer uma mesa de 1.60m. A minha idéia é pintá-la com azul provençal e deixá-la com efeito de pátina. Vou coloca'-la em um espaço goumert, ode usarei ladrilhos hidraulicos acima da bancada da pia. Ele tem variações de cores no azul, marron, amarelo e branco. Farei uma pintura tb em algumas gavetas no tom de amarelo. Gostaria de uma explicação como proceder na execução desta mesa. Aguardo anciosa o retorno de vocês. Obrigada. Claudia Vaz

    ¬ Responder
  • nelma de oliveira

    24-03-2013 às 08:29:29

    Bom dia! Gostaria de saber que devo fazer para tratar meus móveis antes de fazer a patina .pois alguns deles se encontram com carunchos .?

    ¬ Responder
  • Ana Carolina

    31-10-2012 às 11:23:11

    Olá, gostaria de fazer patina no piso do quarto do meu bebê, pois ele tem aquele carpete de madeira amarelado e queria clarear o piso. Posso usar a mesma técnica, raspando antes o verniz dele?
    Obrigada

    ¬ Responder
  • jean silva

    20-01-2013 às 20:50:52

    Nao é recomendável haja visto que o piso sofre forte atrito, iria danificar o seu serviço, salvo se no lugar de verniz colocasse uma resina para o acabamento o que poderia encarecer.
    Um abraço Jean.

    ¬ Responder
  • jean

    20-01-2013 às 20:46:35

    Nao é recomendável haja visto que o piso sofre forte atrito, iria danificar o seu serviço, salvo se no lugar de verniz colocasse uma resina para o acabamento o que poderia encarecer.
    Um abraço Jean.

    ¬ Responder
  • Manoel

    09-08-2012 às 13:30:27

    Olá pessoal...Eu trabalho com restauração, reformas e consertos em geral. Precisando é só ligar: 11-999185344

    ¬ Responder
  • Valdelice Meneses Leite

    24-01-2013 às 07:24:04

    Minha estante está com patina,quero muda pra branco,como fazer mim da um dica.A estante é grande.obrigada

    ¬ Responder
  • soniasonia

    09-06-2012 às 00:34:09

    ola como vai eu gostaria muito em mudar a cor de meu jogo de quarto pra claro ele e de cor cerejeira mas a cama e de mogno o que devo fazer muito obrigado

    ¬ Responder
  • suelisueli

    08-05-2012 às 03:20:23

    Tenho um guarda roupa de 10 portas de madeira, só q já mudei a cor por 2 vezes, hj, branco. Gostaria de fazer pátina imitando mármore, é possível?Por favor envie-me o passo a passo. Grato.

    ¬ Responder
  • Ana Paula PedrosoAna Paula Pedroso

    28-03-2012 às 12:51:47

    Muito bom dia! Já arrisuei fazer a técnica com uma comôda e mesinhas de cabeceira, que de tanto que gostei estão na minha sala, fiz com tinta branca e lixa para madeira, acho que fiz uma técnica provençal, e já estou pensando em outros móveis e outras técnicas! Gostaria de mais dicas sobre as técnicas! Obrigada! Um grande abraço! Ana

    ¬ Responder
  • LeoniLeoni

    24-01-2012 às 23:47:50

    Gostaria de fazer patina em alguns moveis, por isso queria saber se tem um modo mais facil de retirar o verniz dos moveis, que não precise lixar.Favor relacionar os materiais necessários para fazer a patina. Aguardo resposta.
    Att.
    Leoni

    ¬ Responder
  • vanderson bittencourt

    02-09-2012 às 20:13:31

    usando tiner, só que tem que ser passado 2 ou 3 vezes quando o verniz estiver fosco raspe com uma espatula e o verniz sairá todo! vanderson bittencourt

    ¬ Responder
  • LucilhaLucilha

    29-12-2011 às 12:24:58

    Tenho um bar todo em granito e pés de aço escovado ,porém a parte de dentro é pintada de branco e esta bem feia.
    Tem jeito de recupera sem ser preciso lixar?
    Algum tipo de pátina,pintura....
    Já pensei em comprar uma tinta cina ou grafite e fazer umas maluqueces com os dedos.Socorro pois gostaria de fazer p/ a virada 31/12/2011 que é meu aniversário e vou receber amigos.
    Obraga.
    At,
    Lucilha.

    ¬ Responder
  • Olivia Grace GuimarãesOlivia Grace Guimarães

    17-11-2011 às 19:16:56

    Gostaria de aprender a fazer patina em uma mesa, gostaria de receber sugestao de cores e tintas adequadas

    ¬ Responder
  • Mariapeixotomaria elena

    21-06-2011 às 19:26:13

    @maria elena
    gostaria de saber qual a tinta latex devo passar primeiro para ter um efeito patina?,a latex mais clara ou a mais escura? E um movel de madeira ja pintado com esmalte sintetico alto brilho ,da para fazer patina?

    ¬ Responder
  • Mariapeixotomaria elena

    15-06-2011 às 19:31:22

    gostaria de saber qual a tinta latex devo passar primeiro na madeira para ter um efeito de patina.A tinta latex na cor escura ,ou a latex clara? codigo de imagem 73659

    ¬ Responder
  • lucyneialucyneia

    04-01-2011 às 19:29:11

    Gostaria de saber se tenho que lixar muinto o movel para fazer patina.
    ogrigado

    ¬ Responder
  • abigail tiburtinoabigail tiburtino

    27-12-2010 às 11:34:30

    opinião com fazer patina em uma comoda para ser colocada no berçario de uma igreja ela de madeira antiga

    ¬ Responder
  • flavia

    26-12-2010 às 11:12:25

    tenho uma cristaleira muito antiga de madeira pretendo coloca-la na cozinha gostaria de fazer patina para deixar a cozinha mais charmosa, os azuleijos são antigos e não pretendo reformar agora estou com o orçamento muito apertado e gostaria
    de fazer eu mesma, espero uma dica de que cor usar e passo a passo de como fazer. um abraço flávia

    ¬ Responder
  • Lucia AndradeLucia Andrade

    05-08-2010 às 20:07:52

    Olá. Quero reformar uma cristaleira e um aparador de abajur com gavetas na sala + guarda-roupas em mogno nos quartos: UFA!!! será que dá pra fazer? Nunca fiz nada assim antes, gostaria de dicas do que realmente comprar para fazer este trabalho. Tenho duvidas de que cor usar por baixo e por cima, na verdade, quero os móveis em tom areia. Vi a cor A153 da Suvinil, maravilhosa!!! Essa seria a finalização, mas o que usar para a primeira demão? se puder ajudar, agradeço. grande abraço

    ¬ Responder
  • elaineelaine

    10-07-2010 às 15:37:13

    olá, tudo bem
    estou querendo fazer um trabalho em um jogo de mesa q tenho em madeira, e a tecnica q mais gostei foi a patina. Porem sou leiga nesse assunto nunca fiz artesanato, mas gostaria muito de fazer patina nessemeu jogo d mesa q tenho com muita estima. Gostaria q vc me desse umas dicas se possivel um passo a passo, pois nem faço idéia dos materias q vou utilizar nem aonde posso encontrar q dirá como irei fazer esse artesanato sozinha. Eu irei fica muito feliz em poder mostrar para meis amigos q fui eu q fiz. Ficarei muito orgulhosa d mim mesma
    Desde ja agradeço

    ¬ Responder

Comentários - Pátina em madeira: aprenda a técnica

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Máquinas de Etiquetar

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Máquinas
Máquinas de Etiquetar\"Rua
Muitos são os materiais indispensáveis ao funcionamento de uma empresa. Alguns de uso corrente, outros nem por isso e enquanto alguns são dispensáveis, outros há que fazem parte do trabalho, como se do ar empresarial se tratasse.

Canetas e blocos, computadores e faxes, secretarias e cadeiras, enfim, um sem número de coisas de que nos lembramos que fazem parte do dia-a-dia das empresas. Existem depois, alguns utensílios que são impensáveis para um ramo, mas que para outros são imprescindíveis. Caso disso são as máquinas de etiquetar.

As máquinas de etiquetar podem, ao contrário do que possa julgar à partida ter uma funcionalidade dentro de um escritório, ter uma utilidade única.

Quando um ramo empresarial obriga a registos em pastas em número substancial, ou até mesmo para identificar documentos, a máquina de etiquetar torna a função muito mais fácil, rápida e eficaz.

Dependo do ramo, as máquinas de etiquetar podem ser diferentes.

Existem máquinas, cuja única função é fazer salientar datas, e aqui os números podem ser alterados à mão e de forma simples, bastando para isso rodar os dígitos uma vez por dia.

Embora à partida julguemos que as máquinas de etiquetar são básicas, a realidade é que podem ser muito complexas. Se anteriormente foi dado um exemplo de máquinas simples e manuais, posso apresentar-lhe um exemplo de uma máquina bastante sofisticada.

Imagine que uma empresa tem de registar milhares de impressos por dia e que todos os impressos têm obrigatoriamente de ter um número sequencial. Aqui, uma máquina electrónica que se encarrega de entregar a cada etiqueta um número único e seguido, consegue transformar uma tarefa complicada e muito exaustiva, numa atitude perfeitamente normal e do quotidiano no trabalho.

As máquinas dependem, sendo electrónicas de um rolo de etiquetas que é impresso e que sai pronto a colar no local necessário.

Os rolos são comprados à parte e podem conter até 1000 etiquetas. Naturalmente que saindo impressas de forma automática, estas maquinas requerem um pequeno deposito de tinta que pode ser em formato de dispositivo (tipo tinteiro) ou através de recarga de tinta.

Apesar do valor de uma maquina de etiquetar ser mais cara e do seu uso ser também mais dispendioso, certo é que nada como um bom utensílio de trabalho que poupe dores de cabeça aos colaboradores.

Há venda em grandes superfícies comerciais especializadas em materiais de escritório, estas máquinas requerem atenção na altura da compra, pelo que o melhor é fazer um pequeno estudo antes da compra e pedir ajuda na própria loja.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Máquinas de Etiquetar

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios