Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Ressonar - causas e soluções

Ressonar - causas e soluções

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
Ressonar - causas e soluções

O ressonar é provocado pela reverberação de tecidos moles na parte posterior da garganta que obstruem as vias aéreas. Saiba que o ronco grave pode levar à apnéia do sono, que é, de facto, uma obstrução completa das vias aéreas.

O ronco produzido durante o sono é realmente a reverberação de tecidos moles na parte de trás da sua garganta, que ocorre enquanto está a tentar respirar. Isso ocorre mais frequentemente quando se está a dormir, porque quando se cai no sono, os tecidos moles da parte posterior da garganta e da língua relaxam, fechando as vias aéreas na sua garganta. Isto pode resultar numa obstrução completa, que é a apneia. Muitas pessoas têm o que se chama de apnéia do sono, porque ocorre quando eles estão a dormir e os tecidos moles estão relaxados, obstruindo a passagem das vias aéreas. Em pessoas que estão inconscientes, se os ouvir ressonar, isso significa que a sua cabeça e pescoço precisam ser realinhados, para permitir maior abertura da via aérea, para que eles possam respirar mais facilmente. Há outras técnicas para evitar os tecidos moles que relaxam e fecham as vias aéreas, tais como aparelhos de ar sob pressão que forçam para dentro da via aérea, para manter os tecidos moles pressionados fora do caminho da passagem do ar, devido à pressão. Há também talas que de outra forma se podem usar, que são inseridas nas passagens da garganta e nariz para evitar a obstrução, mas o ronco é basicamente o som de uma via aérea parcialmente obstruída, e quando a via aérea está completamente obstruída não há respiração e, sem ar em movimento, portanto, não há ronco.

A maioria das pessoas ressonam durante o sono e a melhor maneira de combater isto é girando a pessoa que está a ressonar do seu lado. Constate ainda que colocar um travesseiro entre as pernas pode ajudar a prolongar a posição de dormir desejada fazendo com que se veja livre do ronco durante o sono.

Alguma vez já despertou de manhã e encontrou o seu parceiro a dormir no sofá ou talvez a dormir noutro quarto? Isso dá-lhe um alerta de que foi o seu ronco muito alto que lhe interrompeu o sono, por isso o que se pode fazer?

O parceiro pode rodá-lo na cama para o lado contrário ao que está no momento do ronco, porque mais uma vez a maior parte do ronco é causado pela obstrução das vias respiratórias. Se conseguir rodá-lo o músculo da língua irá relaxar e afastar-se das vias aéreas, permitindo a passagem livre do ar. A outra coisa que se pode fazer é ter certeza de que, quando o rodar para o outro lado, coloca um travesseiro entre as pernas da pessoa que está a ressonar. Esta simples técnica irá manter a pessoa nessa posição durante um longo período de tempo durante o sono e não irá ressonar.

Acordar a pessoa que está a ressonar para a advertir que pouco faz para melhorar o pretendido, porque a pessoa vai ser incomodada e terá acordado e depois vai voltar a dormir e o ronco começará novamente.


Ruben Duarte

Título: Ressonar - causas e soluções

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 4

761 

Comentários - Ressonar - causas e soluções

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios