Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O ferro é essencial à saúde

O ferro é essencial à saúde

Categoria: Saúde
Comentários: 1
O ferro é essencial à saúde

O ferro é um mineral que desempenha no organismo funções de extrema importância, como sejam a formação da hemoglobina e o transporte de oxigénio para as células, detendo também um papel de relevo no que toca ao sistema imunitário. Trata-se de um factor de neurodesenvolvimento nos bebés, cuja acção se estende ao metabolismo da energia e ao aproveitamento devido das vitaminas do complexo B.

Sendo essencial à saúde e ao correcto funcionamento do corpo, as deficiências dos níveis de ferro são passíveis de acarretar consequências graves para esta. O ferro, não obstante a sua relevância para ambos os sexos, afigura-se particularmente necessário para as mulheres, devido a especificidades biológicas e reprodutivas. A gravidez e a perda de sangue durante a menstruação são períodos em que será mais necessário avaliar, através de uma análise laboratorial, o hemograma, os índices de ferro, dado que estas são circunstâncias susceptíveis de provocar deficiência deste mineral.

A concentração de hemoglobina no sangue, para se encontrar em valores normais, tem de ser superior a 11g/dl. Quando isto não acontece, estamos perante uma situação de anemia, cujos sintomas são: cansaço, taquicardia, tonturas, palidez, dores de cabeça, indisposição, falta de apetite, dificuldade de concentração e fraqueza. As unhas brancas podem, igualmente, ser um sinal deste tipo de anemia.

As chamadas “dietas malucas”, que não contemplam o equilíbrio nutricional, sendo amiúde pobres em vitaminas e minerais, produzem, regra geral, fortes candidatos a sofrer de insuficiência de ferro. Para além das mulheres e das gestantes, crianças com idades compreendidas entre os seis meses e os dois anos apresentam, de modo semelhante, maior risco de contrair anemia. Entretanto, por esse mundo fora, sobretudo em África, na Ásia, na América Latina e noutras regiões de extrema pobreza, o que não falta é gente com défice de ferro na alimentação diária. Os casos menos graves podem ser resolvidos com um incremento da entrada de ferro, mas a maioria atinge severidade bastante para precisar de tratamentos mais complexos, evitáveis com um consumo mínimo de ferro por dia.

Existem suplementos dietéticos que incluem ferro, assim como alimentos enriquecidos com este mineral. Contudo, tais suplementos devem ser usados apenas com supervisão médica, sob pena de induzirem outros problemas de saúde ainda mais sérios. Uma overdose de ferro em crianças pequenas pode mesmo ser fatal! Tudo o que forem vitaminas e suplementos de ferro têm de estar totalmente fora do alcance dos garotos.

O ferro fornecido pela alimentação pode ser de origem animal (heme) – carnes vermelhas, vísceras (fígado, rim, coração), gema de ovo, etcétera – ou vegetal (não heme) – vegetais de folhas verde-escuras (espinafres, agriões, …), rúcula e leguminosas (feijão, soja, lentilhas, …), sendo que o heme é melhor absorvido pelo organismo em cerca de 20 por cento. Interessa salientar que, numa perspectiva de melhorar a absorção do ferro, ele deve ser consumido com um alimento que seja fonte de vitamina C, coadjutora deste processo.



Maria Bijóias

Título: O ferro é essencial à saúde

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

740 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • silvana aparecida dos santossilvana aparecida dos santos

    22-04-2010 às 01:02:04

    gostei muito das informaçes contidas.ira me ajudar nao so no meu trabalho do curso.

    ¬ Responder

Comentários - O ferro é essencial à saúde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios