Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Primeiros Socorros

Primeiros Socorros

Categoria: Outros
Visitas: 2
Primeiros Socorros

A expressão de " primeiros socorros", significa a prestação de auxílio a alguém que sofreu um acidente, e engloba desde um chamado beijo da vida respiração boca- a- boca, até à colocação de pensos adesivos em feridas.

Numa situação de emergência é muito bom que as pessoas saibam como prestar estes cuidados essenciais, de socorro básicos, assim como colocar uma ligadura ou retirar um pico, com uma pinça, a uma criança por exemplo ou adulto.

Apesar desta ajuda, deve mesmo assim, consultar-se um médico para confirmar se não há nada a agravar a situação de urgência.

Toda a gente deve ter em casa uma mala de primeiros socorros, onde conte, uma tesoura, pensos, ligaduras, mercúrio, algodão, uma pinça , água oxigenada, pomada antissética, lenços e adesivos.

Estes são, com efeito os principais objetos usados para prestar socorro a alguém, como uma queda, desmaio, queimadura, acidentes ou entorses
No caso de um ferimento sangrento, se este for profundo deve haver um procedimento médico porque pode haver necessidade de uma mini -cirurgia. Mas, se for um golpe pequeno, deve lavar-se suavemente, com algodão embebido em água tépida e, de seguida limpar com uma toalha limpa.

Depois basta colocar um penso adesivo a tapar o golpe, e ir mudando para estar bem limpo.

Relativamente a queimaduras, que afetam só a camada superficial da pele, deve colocar-se a zona queimada debaixo de uma torneira corrente com água fria, para deste modo impedir que se formem bolhas. De seguida tapa-se com um pano bem limpo e seco.

Se for pequena, conserva-se seca e tapada durante algumas horas, mas se cobrir uma vasta área, o melhor é ser tratada por um médico.

Os desmaios são normalmente provocados por falta de oxigénio no cérebro, o que leva a pessoa a cair, devido à carência de oxigenação, que atinge o cérebro.
Pode ainda ser devido a excesso de calor, fadiga, falta de alimentos ou do facto de se permanecer muito tempo de pé.

O procedimento a ter com uma pessoa que desmaia é sentá-la e colocar a cabeça entre as pernas até passar a sensação de desmaio. Deitar um pouco de água é igualmente benéfico e dissipa a sensação de tontura.

No caso de um acidente grave, deve-se procurar-se imediatamente a ajuda de um adulto, e chamar uma ambulância, mas até ela vir, deve prestar-se os primeiros socorros, ajudando a pesso a respirar, tentar estancar a hemorragia ou verificar se está ou não consciente.

Quando os tornozelos são forçados para além daquilo que podem, pode dar-se um entorse com inchaço e dores durante dias. Assim, se as dores não passarem tem que se ir ao médico, a fim de observar se houve ou não uma fractura no osso.
Na respiração artificial, introduz-se ar nos pulmões da pessoa que deixou de respirar, para assim reiniciar o seu funcionamento. È a chamada respiração boca-a-boca, muito usual em casos de afogamento ou acidentes.


Pedro gil Ferreira

Título: Primeiros Socorros

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 2

633 

Comentários - Primeiros Socorros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios