Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Sinais do medo

Sinais do medo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 2
Sinais do medo

Aos primeiros sinais de perigo, o nosso kit interno arma logo torpedos de fotões, iça os escudos e envia a tripulação para postos de combate.
è um alerta, pode se dizar, que assume a forma de um coração acelerado, uma onda de energia e um estômago às voltas.

Em certas circunstâncias, por exempplo, andar numa montanha russa, a sensação pode ser estimulante, mas geralmente pode tornar-se uma experiência desagradável.
Então podemos perguntar: porque nos sujeita o cérebro a ela?
Simplificando, o medo mantém-nos vivos. Assim,se ele fosse eliminado, podiamos tornar-nos presas fáceis.

Por exemplo, no imprevisível mundo cheio de predadores dos nossos antepassados, pré -humanos e humanos, o medo é um sistema impulsivo que o prepara para evitar, combater , ou fugir do pergo era essencial para sobreviver tempo suficiente para gerar bebés aterrorizados que dariam continuidade ao seu material genético.

Em outras palavras, a seleção natural assegurou que nós, e outros animais, sejamos instruídos para ,na verdade, sentir medo, de uma forma ou de outra.
E mais até: de fato somos instruídos para sentir medo de uma forma ou de outra e inclusive depressa.

Quando somos confrontados, por exemplo, com a presença de um elefante, que surge inesperadamente, a informação vai primeiro até às amigdalas cerebelosas, lóbulos idênticos em forma de amêndoas junto aos ouvidos, que são cruciais para desenvolver as emoções.
A amígdala associa certas visões, sons e cheiros a perigo.

Se , neste caso, receber informação que encaixe no perfil de um perigo, uma criatura enrolada no chão ou um animal, a amígdala instrui o hipotálamo para acionar uma resposta de luta ou fuga para preparar o corpo, a fim de lidar com a ameaça.
Na verdade, as respostas são automáticas.O sistema nervoso autónomo, controla as várias ações que o corpo gere sem pensamento conciente, incluindo repirar, digerir ou bombear sangue e a excitação.

Uma das três partes que o compõem o sistema nervoso simpático, é que ajuda a ativar a resposta de luta ou fuga.
Em face de perigo, a amígdala ativa o hipotálamo, e este aciona as hormonas de adrenalina ou norodrenalina, que aceleram as partes do corpo e abrandam outras.

Além de outras torrentes, desencadeadas pela pituitária, a resposta estilula o corpo para a ação.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Sinais do medo

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    29-08-2014 às 13:45:40

    Excelente essa forma de destrinchar o medo. Nosso cérebro é genial! Se soubermos lidar com ele, muitos de nossos medos seriam bem administrados! Obrigada pela partilha, foi enriquecedor para mim.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    17-09-2012 às 14:03:08

    O medo provoca expressões faciais distintas e variáveis de pessoa para pessoa.Há algumas que reagem ao medo com gritos, com sinais faciais carregados e distorcidos ou com choros.No entanto todos eles são reações ao medo de algo ou de alguém.Há outros que ficam completamente aterrorizados ou paralisados sem fazer nada.

    ¬ Responder

Comentários - Sinais do medo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios