Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Cuidados a ter com um bebé no Verão

Cuidados a ter com um bebé no Verão

Categoria: Outros
Comentários: 1
Cuidados a ter com um bebé no Verão

Durante o Verão devemos ter em conta que existem muitas situações que põem em perigo os bebés , razão pela qual se deverão tomar algumas precauções. Os pequenos precisam de atenção especial durante os dias quentes.

A principal atenção tem a ver com as queimaduras solares. Para prevenir esse desconforto, o bebé não deverá ser exposto ao sol entre as 11h e as 16h. Nas horas de maior calor, o bebé deverá estar num local fresco. Para passeios ao ar livre, prefira o começo da manhã ou o final da tarde.

Durante o tempo que estiver na praia, deverá ser-lhe aplicado um bom protector solar, que deverá estar de acordo com a idade e o logótipo do bebé. O índice de protecção não deverá ser inferior a 20. Existem nos mercados protectores específicos para bebé. Basta encontrar o que mais lhe agradar. Em caso de dúvida, peça conselho ao pediatra do seu filho.

Bebés com menos de 12 meses jamais deverão ser expostos directamente ao sol. Se o levar até praia, tenha o cuidado de lhe vestir uma t-shirt de cor clara; A areia reflecte a luz e aumenta ainda mais o calor. Mesmo debaixo do guarda-sol e com protectores à prova de água, as peles mais sensíveis ficam queimadas. A cabeça do bebé de verá estar protegida por um chapéu. O uso do boné é contra indicado, pois não protege as orelhas.

Fazer com que ingiram líquidos de forma contínua, para que reponham as perdas provocadas pelo calor, também é uma prática fundamental para evitar a desidratação.

No verão, os acidentes em piscinas e no mar se tornam mais frequentes, principalmente com crianças.

Muito importante ressaltar que, no verão, as crianças devem vestir roupas bem leves, de preferência de algodão, para que possam transpirar normalmente. Evite tecidos de fibras sintéticas, porque elas retêm o calor.

Para prevenir os afogamentos, um bebé jamais deverá ser deixado sozinho, sem supervisão durante todo o tempo em que ela estiver na praia, piscina, ou próxima de rios, ou de qualquer outro lugar que ofereça riscos de afogamento.



Catarina Bandeira

Título: Cuidados a ter com um bebé no Verão

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 0

771 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Artbaby DF

    22-08-2013 às 14:45:16

    Adorei o post!
    É muito importante que os pais observem todos os pontos que oferecem risco ao bebê durante o verão, desde a intensidade e tempo de exposição ao sol durante um passeio à praia até o momento de escolher a roupa e produtos de proteção ideais... Excelentes dicas!

    ¬ Responder

Comentários - Cuidados a ter com um bebé no Verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios