Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Constituição de 1934

A Constituição de 1934

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
A Constituição de 1934

O crescimento desenfreado e a produção sem limites gerou, na década de 1920, uma crise econômica nos Estados Unidos. A crise de 1929 desencadeou no enfraquecimento da economia nacional. Que na época girava em torno da exportação de café.

A revolução gerada a partir da precária situação econômica refletiu na vida política do Brasil. O sistema oligárquico cafeeiro (em que o poder se concentra nas mãos de poucos) caiu por terra, e foi lançada a candidatura de Getúlio Vargas, por meio do programa Aliança Liberal, organizada pelo Partido Democrático. Mas os ideais modernos de Vargas e seu partido não foram o bastante, e em 1930, Júlio Prestes saiu vitorioso. Mas o assassinato de João Pessoa no mesmo ano ascendeu o clima de revolta e conspirações, e em outubro, Getúlio Vargas assumiu a presidência provisoriamente.

Para Vargas, manter o poder foi difícil no período inicial, por que os grupos revolucionários que o colocaram no poder era composto por diversas classes de pessoas. Foi então fechada o Congresso e feita uma convocação para uma nova Assembleia Constituinte, com o objetivo de centralizar o poder e diminuir a força regional das oligarquias.
Em fevereiro de 1932, foi criada a Frente Única Paulista (FUP), que, por estar insatisfeita com o enfraquecimento do poder do estado, exigia que o poder concentrado à presidência fosse diminuído, e que São Paulo voltasse a ter sua autonomia.
A revolta de São Paulo cresceu, até que foi derrotada por não ter incentivo dos outros estados. Mas como fruto desta manifestação, foi convocada a Assembleia Constituinte, e criada a nova Constituição de 1934.

A nova Constituição trouxe avanços para os direitos trabalhistas, que agora teria férias, descanso semanal remunerado, regulamentação do trabalho das mulheres e dos menores de idade, entre outros. E também à segurança do país, com o serviço militar obrigatório. Transformações na educação também foram feitas, tornando o ensino fundamental primário disponível de forma gratuita. Getúlio Vargas então foi eleito presidente constitucional até 1938, por meio de eleições indiretas da Assembleia Constitucional.

Tais transformações foram fundamentais para dar ao Brasil caráter democrático, além de produzir avanços contra a desigualdade econômica e social.


Wallace Randal

Título: A Constituição de 1934

Autor: Wallace Randal (todos os textos)

Visitas: 2

652 

Comentários - A Constituição de 1934

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios