Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Máquinas > A Força Das Máquinas

A Força Das Máquinas

Categoria: Máquinas
Visitas: 22
A Força Das Máquinas

A inteligência e a criatividade humanas são peritas em encontrar meios para colmatar uma necessidade, facilitar o desempenho de tarefas e para gerar desafios a elas próprias.

A criação de engenhos e máquinas enquadra-se nessa categoria. Ambos vão onde os braços não chegam e percorrem as distâncias que as pernas humanas não alcançam. Têm a capacidade de suportar pesos e dimensões de objectos que a morfologia e capacidade do corpo não suportam. Elas são um prolongamento do homem, encarnando os feitos do Homem-Elástico, nos anos 80.

O uso das máquinas tem também uma outra faceta: a de influenciar o desenvolvimento do ser humano, através dos estímulos sensitivos que provoca e, por consequência, das respectivas zonas cerebrais que estimula.

A natureza de uma máquina depende do objectivo do seu autor ou do seu utilizador. É o uso que o homem faz dela que determina o facto delas serem construtivas e uma base de apoio para a melhoria da qualidade de vida ou perversas e potenciadoras da destruição e violência.

Veja-se o caso de máquinas educativas ou de estímuos direccionados que facilitam a evolução de alguns deficientes motores ou de outro nível, como por exemplo ao nível da aprendizagem. Se o manuseamento, que engloba exercícios, tempo de exposição e público-alvo, for incorrecto os resultados, em vez de benéficos, podem ser catastróficos.

Do mesmo modo que a máquina nasce do homem e o (trans)forma, ela também marca a época em que aparece. Tendo em conta os instrumentos e materiais usados, bem como as invenções que lhes deram origem, podemos construir o retrato histórico da Humanidade.

Nesse contexto, a máquina assinala a nossa identidade e o nosso trajecto enquanto espécie. Reflecte a forma de organização social, mediante as necessidades que vem preencher ou o tipo de tarefas para as quais foi criada, revela as mentalidades predominantes, através do uso que se faz delas e pelas características do seu utilizador e aponta a direcção que o mundo está a tomar, medindo as consequências actuais do seu uso maioritário e a tendência das invenções.

Tal como a natureza da máquina é determinada pelo tipo de uso, objectivos e respectivas consequências (que afectam não só o utilizador como a comunidade, pois como “animais sociais”, a sobrevivência resulta de interacções em cadeia), também o seu futuro e o da Humanidade dependerá da natureza dos olhos que o vislumbram.



Carla Santos

Título: A Força Das Máquinas

Autor: Carla Santos (todos os textos)

Visitas: 22

791 

Comentários - A Força Das Máquinas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Ler próximo texto...

Tema: Publicidade
Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso\"Rua
Para todos os tipos de negócios, produtos ou serviços, se pretende obter resultados é fundamental divulgar. Não adianta ficar preso a ideia de que o seu trabalho é bom se ninguém sabe que ele existe. Seria como ter uma biblioteca contendo todo o tipo de informação sobre os mais variados temas no fundo do mar, ou no meio de uma floresta desconhecida. Afinal, o que faria com tanta informação se não tem acesso a ela?

Vamos entender o seguinte; quanto maior o número de pessoas receberem diariamente informação sobre o negócio em questão, maior a possibilidade de retorno, mesmo que seja de 1% ou menos. O mais importante é se fazer presente e não perder o foco, o que significa que, mesmo o retorno parecendo ser relativamente pequeno, sem nenhuma divulgação, seria um fracasso.

Dicas para fazer divulgação:

Primeiro é preciso determinar quais os veículos irá utilizar como ferramenta de marketing, depois, quanto tempo irá empregar nessa tarefa e criar um script (texto) de abordagem e apresentação que seja atraente, porém não muito extenso.

Com a oportunidade que a internet nos dá atualmente, é o meio de divulgação mais rápido, barato e prático que se pode ter, porém, não se empolgue muito. É preciso seguir alguns passos para que de fato dê certo. Usar a internet como mecanismo para divulgar, não é ficar atirando para todos os lados sem seguir uma estratégia que funcione como porta de atração.

Então, comece criando um site ou blog e contrate um serviço de hospedagem, os sites grátis têm extensão do fornecedor, o que pode tirar a característica de algo profissional, mas lembre-se de registrar um domínio, há muitos serviços de hospedagem com preço baixo.

Faça inscrição nas principais redes sociais e atualize todos os dias, é uma ótima ferramenta.
~
Crie anúncios e insira nos sites de classificados, como por exemplo, aqui no Rua Direita, que é grátis e tem grande número de visitações diárias.
Prepare uma campanha de incentivo usando o YouTube, com um vídeo explicativo de no máximo 2 minutos. O mais importante aqui é despertar o interesse para que visitem o site.

Faça uma lista de todos os seus contatos e envie informativo por e-mail, mas cuidado para não praticar spam, ou seja; enviar para quem não conhece ou não lhe autorizou. Telefone para os amigos e familiares e conte as novidades sobre o trabalho com simpatia e entusiasmo. Peça a eles indicação para que possa também falar com os contatos deles e o principal; acredite no sucesso, se empenhe com seriedade e determinação.

Pesquisar mais textos:

*lss Cabelos *

Título:Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Autor:*lss Cabelos *(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios