Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Faça backup e transferência com recursos do Windows

Faça backup e transferência com recursos do Windows

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Comentários: 1
Faça backup e transferência com recursos do Windows

Você provavelmente já precisou realizar backups, seja para formatar a máquina ou por qualquer outro motivo. Poucos sabem que o Windows possui uma ferramenta que pode fazer isso de maneira simples e rápida. Esse recurso é o “Transferência Fácil do Windows”.

Geralmente, as pessoas pensam em backup ou transferência de arquivos, utilizando pen drives. Útil, porém muito lento. Além disso, o “Transferência Fácil” é capaz de salvar o perfil da máquina, não só os arquivos contidos nela. Isso significa que, se seu perfil de usuário no computador antigo possui um papel de parede específico e uma configuração diferente da barra de ferramentas, tudo isso será transferido com a ajuda da ferramenta do Windows. Após isso, basta importar para o computador novo e pronto.

Essa transferência pode ser feita com a ajuda de um HD externo, por uma rede interna ou por um cabo especialmente para essa finalidade. Esse cabo pode ser adquirido em qualquer loja de equipamentos para informática e possui a mesma função de uma rede, conectando dois computadores entre si para o backup de arquivos.

Para utilizar essas ferramentas, é necessário tê-las instaladas em seus computadores. O Windows 7 já possui esse software nativo no sistema, mas as versões anteriores necessitam da instalação desse aplicativo. No Seven, basta colocar o nome “Transferência Fácil do Windows” na barra de pesquisa do menu “Iniciar” para acessá-lo. Abaixo, está o link para baixar o programa para as outras versões do Windows:

Link: http://windows.microsoft.com/en-us/windows7/products/features/windows-easy-transfer

Após ter instalado o aplicativo em suas máquinas, se necessário, acesse o “Transferência Fácil do Windows” no computador antigo e siga as dicas e passos. É muito simples e prático de realizar. Antes de dar inicio a transferência, você pode optar por um diretório que não estão no padrão do Windows para fazer o backup. Por exemplo: Uma pasta que está no disco local “C:”, você pode selecioná-la para incluir na transferência, personalizando a configuração.
Essa ferramenta é mais prática que a utilização de pen drives. Além disso, após o termino da transferência, é apresentado um relatório de todos os arquivos transferidos. Os documentos transferidos continuaram no computador antigo.

Mas, a única coisa que o “Transferência Fácil” não faz, é copiar os programas que estão instalados na máquina antiga. Porém, ele é capaz de mostrar a você o que tem de diferente entre o computador antigo e o novo, para que você faça a instalação dos softwares que faltam.




Lucas Souza

Título: Faça backup e transferência com recursos do Windows

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

626 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Ailton

    09-10-2012 às 18:16:50

    olá Lucas, eu fiz um backup utilizando essa ferramenta e utilizei um HD externo. No HD externo não aparece os arquivos transferidos e sim arquivo unico. Nesse caso quando acessar este arquivo ele abre os demais no novo computador?

    ¬ Responder

Comentários - Faça backup e transferência com recursos do Windows

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios