Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Ferramentas > Calibrador de temperatura

Calibrador de temperatura

Categoria: Ferramentas
Comentários: 8
Calibrador de temperatura

O homem sempre buscou desvendar o Universo, a capacidade humana de pesquisar, testar, explicar fenômenos faz parte do ser humano que precisa obter respostas lógicas. Medir tempo, distância, altura, largura e temperatura, levou o homem a criar instrumentos de medição. Essas medições precisam ser calibradas, ou seja; o equipamento de medição de temperatura para que funcione e ofereça resultado preciso da medição, precisa de um calibrador de temperatura para comparar e ajustar o medidor. Existem diferentes modelos de calibrador de temperatura disponível no mercado, um calibrador mede ph e º C, tem calibrador portátil elétrico, para uso com bateria e pillhas, mutipla função, calibrador industrial, etc.

Os calibradores para medição em laboratório medem até cerca de 650º C, os calibradores usados em laboratório podem fazer medição on-line com o uso de um software com capacidade para memorização de dados.

Todos os medidores de temperatura, por meio de sensores, são produzidos com um linite de tolerância de erro, quando é necessário fazer uma verificação da curva para saber se o sensor está dentro da faixa chamada tolerância, precisa-se do calibrador de temperatura para aferir essa precisão da curva. Para fazer a calibração, o procedimento é definir calibração primária e secundária. Na calibração primária se usa ponto fixo da escala internacional, já para a escala secundária, que é a mais comum e a mais utilizada, que é a medição comparatória, em ambos os casos, a utilização básica é a mesma. Mesmo a calibração secundária sendo a mais usada, a calibração primária é mais acertiva.

Para executar quaquer trabalho que exija um sensor de temperatuta, é preciso excluir os fatores de temperatura do ambiente que possam influenciar os sensores, essa compensação não calibra um sensor, sem o auxílo de um calibrador, a medição pode oferecer uma medição inezata. Com um calibrador de temperatura, é possível construir uma tabela de temperatura e armazena-la na memória do microcontrolador.

Ao longo dos tempos, ciêntistas desenvolveram sistemas de medição que nos favorecem até hoje, quer seja um simples termômetro que usamos em casa para medir a temperatura corporal que indica se estamos com febre, sabemos que febre é um dos principais sintomas de infecção, o que quer dizer que atua na área da saúde. Medidores para temperatura ambiental, que indicam o grau do ambiente em que estão instalados ou os portáteis quando utilizados, dando ao homem a opotunidade de acompanhar as mudanças térmicas, entre outros medidores, porém para tal aferição medida por esses sensores serem a mais precisa possível, só mesmo com a aferição de um calibrador de temperatura.


Sílvia Baptista

Título: Calibrador de temperatura

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

711 

Imagem por: akeg

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 8 )    recentes

  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 18:21:01

    Olá Sílvia Baptista, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Fico muito impressionado com a quantidade de conhecimento que podemos adquirir passando alguns minutos do nosso dia visualizando as publicações contidas aqui. Achei incrível seu texto, mas não conheço muito do assunto. A necessidade do homem de medir as coisas à sua volta é antiga, e a partir dela nosso conhecimento cresceu até termos nossos acervos de hoje em dia (bibliotecas, internet, etc.).

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 18:20:53

    Olá Sílvia Baptista, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Fico muito impressionado com a quantidade de conhecimento que podemos adquirir passando alguns minutos do nosso dia visualizando as publicações contidas aqui. Achei incrível seu texto, mas não conheço muito do assunto. A necessidade do homem de medir as coisas à sua volta é antiga, e a partir dela nosso conhecimento cresceu até termos nossos acervos de hoje em dia (bibliotecas, internet, etc.).

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 18:20:44

    Olá Sílvia Baptista, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Fico muito impressionado com a quantidade de conhecimento que podemos adquirir passando alguns minutos do nosso dia visualizando as publicações contidas aqui. Achei incrível seu texto, mas não conheço muito do assunto. A necessidade do homem de medir as coisas à sua volta é antiga, e a partir dela nosso conhecimento cresceu até termos nossos acervos de hoje em dia (bibliotecas, internet, etc.).

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    05-10-2012 às 16:53:30

    Em laboratórios de pesquisa onde são usados gases e materiais que precisam estar em vácuo, é super importante ter um calibrador de temperatura para que o equipamento seja ajustado sempre que possível. Isso evita que com dados descalibrados os procedimentos sejam realizados. Consequentemente, evitamos acidentes aos pesquisadores que trabalham no processo.Além disso, calibradores também ajudam em climatizadores de ar nas residências.

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    01-10-2012 às 19:46:32

    Devido aos grandes gênios da física, esse aparelho existe hoje. Depois de muito estudo e diversos experimentos, os modelos mais simples desse aparelho foram criados, aparelhos esses capazes de medir a temperatura de um ambiente. Em suas diversas escalas, esses instrumentos são necessários nos mais variados usos e áreas do mundo, dentro dos computadores, de um supermercado, de um hospital, sempre haverá um calibrador de temperatura. Concordo com o Nilson, belo texto Silvia Baptista, parabéns!

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    01-10-2012 às 01:16:08

    ótimo texto que nos explica detalhes do funcionamento de um calibrador de temperatura.Para quem não sabia para que servia esse aparelho, o texto foi bem no ponto esclarecendo dúvidas de como utilizar da melhor maneira o calibrador de temperatura.Num mundo em que cada vez mais o homem busca medidas exatas e os instrumentos de medição cada vez ficam mais modernos e precisos, o calibrador de temperatura dá o ajuste exato para a eficiência da medição.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    24-09-2012 às 23:57:46

    Acho interessante que inicie o seu texto referindo-se à ideia, na qual já nem reparamos, de que o ser humano sente necessidade de perceber, explicar e se possível controlar o mundo que o rodeia. E assim surgiu a noção de tempo, de espaço e claro, de temperatura, que é a temática do seu texto.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    23-09-2012 às 21:51:21

    as sondas de temperatura têm de ser calibradas e estou de acordo que seja usado sondas em determinados trabalhos. desde reparações de ar condicionado, estufas, e até alguns trabalhos de soldadura. não é um tema muito interessante , mas é um aspecto que as pessoas devem ter conhecimento. o que conhecimento não faz mal a ninguém. parabéns por isso.

    ¬ Responder

Comentários - Calibrador de temperatura

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mito da Entrevista de Emprego

Ler próximo texto...

Tema: Empresariais
O Mito da Entrevista de Emprego\"Rua
Aguardando há meses pela oportunidade de um novo emprego e após ser aprovado em várias etapas do processo de seleção eis que surge um empecilho: a entrevista de emprego.

Diversas dúvidas passam pela cabeça do candidato como o que vestir, como sentar-se, qual o tom de voz adequado, o que o entrevistador espera como resposta e como impressioná-lo provando ser a pessoa certa para a vaga a ser ocupada.

A verdade é que não há regra que garanta o sucesso em uma entrevista, porém, algumas atitudes e cuidados precisam ser tomados. Abaixo seguem 10 dicas que auxiliarão o candidato enfrentar essa fase do processo de seletivo de forma mais segura, não importando a área ou cargo pretendido.

1. Seja pontual. A pontualidade é uma forma de demonstrar respeito, consideração e compromisso com a empresa, porém, ser pontual não significa ser precipitado, chegando com muito tempo de antecedência. Para isso programe-se: quanto tempo você levará para chegar até o local combinado para a entrevista? E se houver algum tipo de atraso? Programe-se para que os prazos possam ser cumpridos. Se o atraso for inevitável entre em contato com a empresa e explique o motivo para o mesmo solicitando a possibilidade de remarcar o compromisso.

2. Vista-se de maneira condizente ao cargo que irá ocupar. Mesmo parecendo ser uma superficialidade, a forma como o candidato se veste pode influenciar a decisão do entrevistador, portanto, causar uma boa impressão é essencial. Para isso pesquise o perfil da empresa, se possível observe a forma como os funcionários se vestem e use na entrevista algo um pouco mais formal do que usaria todos os dias para ir ao trabalho.

3. Zele por uma boa aparência. Como descrito acima causar uma boa impressão é essencial, dessa forma, a higiene pessoal é indispensável. Vale ressaltar que perfumes e maquiagem exagerados são pontos negativos em uma entrevista.

4. Tenha em mente suas principais realizações profissionais e as evidencie. Quais os principais desafios que essas lhe trouxeram e o que aprendeu em cada uma delas. Se é seu primeiro emprego vale ressaltar suas experiências escolares e acadêmicas como trabalhos em grupos, projetos realizados, programas de estágio e trainee.

5. Tenha atitudes positivas. Um método de entrevista consiste em perguntas aparentemente absurdas que não possuem, necessariamente, respostas prontas. O que ele deseja na verdade é avaliar seu raciocínio lógico, portanto, seja criativo, argumente e crie estratégias para sair dessa saia justa.

6. Seja genuíno e autentico. Mesmo estando sob pressão seja você na entrevista. Não minta nem use máscaras. O recrutador provavelmente perceberá que você não está sendo sincero.

7. Tenha argumentos. “Por que você quer trabalhar aqui?” ou “Quais serão suas contribuições para essa empresa?” são perguntas básicas em uma entrevista de empregos. Portanto, tenha bons argumentos para esses questionamentos.

8. Mostre-se interessado. Faça perguntas plausíveis ao entrevistador.

9. Seja gentil e educado a todo o momento. Muitas empresas costumam analisar o candidato no momento em que esse inicia o processo seletivo.

10. Mostre-se confiante. Se você fará a entrevista de emprego é porque já passou por outras fases do processo seletivo, ou seja, tem muitos pontos a seu favor. Acredite no seu potencial .

Outros textos do autor:
O Mito da Entrevista de Emprego

Pesquisar mais textos:

Mabelly Venson

Título:O Mito da Entrevista de Emprego

Autor:Mabelly Venson(todos os textos)

Imagem por: akeg

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios