Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Tunturi - António Vieira

Tunturi - António Vieira

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 101
Tunturi - António Vieira

Ler um livro que leva ao leitor uma perspectiva de vida completamente diferente pode ser uma experiência de êxtase ou frustração. António Bracinha Vieira promove uma cápsula de êxtase com o seu livro Tunturi.

António Bracinha Vieira nasceu em 1941 em Lisboa, vindo a se formar em Medicina com especialização em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina pela Universidade de Lisboa. Chegou a lecionar etologia animal/humana e paleontologia na Universidade Nova de Lisboa, sendo o fundador da Sociedade Portuguesa de Etologia. Tem profundo interesse na filosofia, ciência e etologia da Medicina, e seu romance Tunturi carrega mescla muito bem estes temas à trama presente no livro.

Tunturi acompanha a história da selvagem que dá nome ao livro, uma mulher que pertence à tribo dos Sámi na Finlândia, por volta de 1990. Seu nome referencia as montanhas sagradas, demonstrando toda a sensação de limite que o autor propõe, tanto do ambiente como o da própria personagem.

Tunturi não é um livro de ação, mas de sentimentos e sentidos. O que vale aqui é a experiência de ver o mundo aos olhos de uma moça solta das amarras que seguram e sustentam a sociedade moderna. O contato com a natureza é único e sagrado, provocando sensações tanto na personagem título como no leitor. Não há imposição moral além das crenças herdadas da tribo, que aliás, são completamente diferentes das crenças religiosas que cercam e direcionam as pessoas. Esta sensação de estranheza proporciona uma experiência muito interessante.

Entretanto um livro não pode sobreviver de sensações. O caminho temporal de Tunturi relatado no livro é apenas parte da jornada da jovem; é como se o autor desse a oportunidade do leitor ser, mesmo que por alguns instantes, Tunturi. De fato, ser Tunturi é celebrar a rotina sagrada do contato com a natureza e seus enigmas, sofrer a exposição do ser, a agressão e a paixão da vida em contato com as outras pessoas.

Os estudos etológicos, e a relação entre humanidade e natureza são usados como plano de fundo, assim como a cultura de Tunturi. António Vieira cumpre o papel de induzir o leitor a abandonar seu próprio mundo e caminhar sobre os pés de uma estranha.


Wallace Randal

Título: Tunturi - António Vieira

Autor: Wallace Randal (todos os textos)

Visitas: 101

608 

Comentários - Tunturi - António Vieira

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Smartphone inovador

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Máquinas
Smartphone inovador\"Rua
O novo Xperia S é um novo smartphone que é produzido pela sony, que foi pensado para a reprodução multimédia de alta resolução, atenuando deste modo as diferenças entre um telefone e uma consola de jogos portátil.

Este inovador softwere é capaz de apresentar vídeos de alta definição, a 1080p.

Contêm uma cãmara integrada de 12 MP, sendo capaz de capturar imagens em full HD. O processamento de imagem é feito por um motor de nome Bravia, que é uma tecnologia a pensar na reprodução de imagem e de áudio.

O hardwere e softwarwe deste smartpfhone foi optimizado para ser compatível com o playstachon Suite, que se trata de uma plataforma de videojogos , onde podem ser descarregados e jogados no telemóvel vários títulos previamente lançados na playstation.

O seu ecrâ é quase todo em vidro, separado apenas do revestimento no fundo por uma faixa transparente.

Esta faixa funciona como uma antena do dispositivo, bem como a área visívil para os principais botões, no fundo.

O seu formato é ligeiramente curvo e com uma espessura de apenas um centímetro, o qiue lhe dá um ar muito elegante e leve.

A energia que alimenta o dispositivo é fornecida por uma pequena bateria, que dura para 420 horas em standby, horas para música e outras para vídeo.

De salientar que a Sony Ericsson sempre foi muito forte na qualidade da fotografia, e o destaque deste aparelho vai para o seu sensor Exmor R, que é retroiluminado com circuitos integrados, permitindo tirar fotos com pouco ruído , em situações de fraca luz.

Além de todos os pormenores inovadores, o sensor recebe a luz de trás por um substrato de sílica, garantindo mais eficácia .

Por outro lado, o xperia S, é ainda compatível com várias plataformas de comunicação, tal como a near-fild comunication.

O ecrã é sem dúvida alguma o mais elevado do mercado atual, apresentando milhões de cores.

As características invadoras ddeste smartphone, são: o modelo, aplaystachion, o ecrâ de alta definição, o processador, o software e as suas ligações

No que concerne às ligações, inclui uma superabundância delas, incluindo uma porta HDMI2 para ligar o dispositivo diretamente a um monitor para reproduzir vídeos, audio e imagem.

O lançamento deste sistema da sony, foi lançado só recentemente em Las Vegas, EUA, em Janeiro de 2012, no convention Center.

Para os fâs das novas tecnologias o smartphone Xperia S, é com efeito, uma óptima aquisição, para as férias de verão.

Pesquisar mais textos:

Pedro gil Ferreira

Título:Smartphone inovador

Autor:Pedro gil Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios