Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Material Escritório > Um prego ou um parafuso?

Um prego ou um parafuso?

Visitas: 89
Comentários: 1
Um prego ou um parafuso?

Português que se preze tem manias. Ora se tem mania que se percebe de doenças, ora de futebol (verdadeiros treinadores de bancadas), de leis, eletrodomésticos (somos todos técnicos especializados, obviamente) e até de engenharia se for necessário. Português que é Português é entendido e pronto. Ponto final no assunto.

Se nos achamos tão entendidos em tanta coisa, não poderíamos deixar de saber tudo, mas mesmo tudo sobre bricolage e obras. Ora se é um destes entendidos, não vale a pena continuar a ler. Mas se ficou curioso relativamente ao que se segue, deixe-se ficar por aí, pois quem sabe, não é tão entendido e até pode aprender.

Quando é hora de pregar qualquer coisa lá em casa, consulta manuais ou instintivamente pega num prego e num martelo e vai de marcar paredes?

Saiba que na hora de pregar, prender, agarrar, estruturar, existem diferenças e por isso nem sempre um prego é o ideal.

Que os pregos entraram em desuso é uma grande verdade e quando muitas paredes são forradas a pladur, o prego está proibido.

Por exemplo, se quer pendurar um quadro, não mexa na caixa dos pregos e opte por um parafuso.

Como é entendido (assim julgamos), sabe que um parafuso não se coloca sozinho. Vai então precisar de um berberquim para fazer um pequeno furo na parede. Obviamente que vai ter de verificar a broca do berbequim, pois esta deve ser própria para paredes e não para madeiras, mas isto já você deve saber.

Depois do buraco feito, coloca-se uma bucha e só de seguida o parafuso, que quando apertado pela chave de fendas ou aparafusadora, vai fazer alargar a bucha, o que faz com que o conjunto fique preso à parede.

Se está a montar um armário ou um móvel, o ideal é também utilizar parafusos. Por norma os móveis novos para montar em casa já vêm acompanhados pelos respetivos parafusos, mas se esse não for o caso, compre parafusos destinados a madeira. Estes são normalmente feitos de metal ou aço macio e aqui não vai precisar de uma bucha, tendo em conta que o orifício onde vai aparafusar o parafuso é ligeiramente mais apertado.

Se o que lhe agrada mesmo são os pregos, deixe-me que lhe indique que estes são bons é para madeira. Mas atenção que existem também pregos para várias tarefas. Pregos em cobre, latão, alumínio e outros, podem fazer toda a diferença na realização do seu trabalho. Se leu até aqui, espero que tenha aprendido alguma coisa, mas afinal, não falei nada que já não soubesse, não é?


Carla Horta

Título: Um prego ou um parafuso?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 89

776 

Imagem por: kevindooley

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Edinelson LopesEdinelson Lopes

    31-07-2011 às 21:21:30

    ...eu já sabia! hehehe

    ¬ Responder

Comentários - Um prego ou um parafuso?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: kevindooley

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios