Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > A Energia Hídrica

A Energia Hídrica

Visitas: 44
A Energia Hídrica

Quando a chuva cai em colinas e montanhas, formam-se rios que correm para o mar. A deslocação ou a queda da água produz actividade cinética, que pode ser utilizada como fonte de energia hídrica.

Embora nos últimos anos se venha constatando a diminuição da pluviosidade e alterações climatéricas em diversos pontos do globo, há para aí tanta gente a “meter água” que não será para as próximas décadas a preocupação com as correspondentes reservas…

Portanto, continuaremos a poder gozar de energia produzida a partir de uma fonte contínua, neste caso o movimento da água. Sim, porque «águas paradas não movem moinhos». Para além do mais, não polui o meio ambiente e tem um baixíssimo custo de produção.

Impõe-se, então, indagar por que razão se paga o abastecimento doméstico por um valor tão elevado… E de todas as energias renováveis, a hídrica ainda é a que oferece a melhor relação preço/energia.

A construção de centrais hidroeléctricas apresenta-se como uma inevitabilidade, exigindo porém a formação de grandes reservatórios de água, o que conduz a enormes transformações nos ecossistemas, podendo ainda, consoante a localização, levar à submersão de terrenos e à deslocação de populações, com todas as consequências daí decorrentes.

As mini-hídricas, cuja capacidade dá para alimentar uma localidade ou um complexo agrícola ou industrial, por exemplo, têm um impacto ambiental mínimo, pelo que quanto mais energia elas gerarem menos será produzida nas grandes centrais, reduzindo os efeitos ambientais nefastos.

Algumas empresas deste sector usam, na sua laboração, a energia das ondas e marés. Mas, tal como acontece com as pessoas, nem sempre a maré está de feição…

Curiosamente, as centrais hidroeléctricas podem situar-se no exterior ou em grutas. Teremos voltado ao tempo dos “Flinstones” e das cavernas?! Às vezes, sobretudo no Verão, é o que parece…



Rua Direita

Título: A Energia Hídrica

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 44

782 

Imagem por: Ontario Power Generation

Comentários - A Energia Hídrica

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios