Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Um Curriculum Vitae Perfeito

Um Curriculum Vitae Perfeito

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Empresariais
Comentários: 1
Um Curriculum Vitae Perfeito

Quantos de nós, por um qualquer motivo, já não teve de entregar um curriculum Vitae. Para o ingresso para um curso, e mais recorrentemente para concorrer à oferta de um emprego, julgamo-nos capazes de muito facilmente fazer uma apresentação do nosso percurso académico e profissional.

No entanto, quando nos sentamos e começamos a executá-lo, a tarefa não se mostra tão fácil quanto esperado.

Ao ajudá-lo nesta tarefa, que acredite, pode tornar-se complicada, apresentam-se alguns truques e dicas.

A expressão curriculum vitae tem origem latina e significa Currículo da Vida (história da vida).

Quando iniciar o seu curriculum, faça uns quantos apontamentos num papel, relativamente a dados profissionais e académicos.

O curriculum deverá ser feito no computador, com letra dita normal (arial ou times new roman – tamanho 10 ou 12), de cor preta.

Um curriculum não deverá ser extenso nem maçudo. Se é detentor de muitas experiencias profissionais, tente resumi-las de forma, a que não demonstre vaidade excessiva. O ideal são 2 ou 3 folhas.

Inicie o curriculum com a sua apresentação pessoal. Nome, morada, contactos e se é portador de carta de condução (e a categoria a que corresponde).

Relativamente aos dados académicos, indique o estabelecimento de ensino frequentado, a data de inicio e de fim de curso, e se obteve boas notas, é fundamental que inclua a sua média.

De seguida, indique a sua experiencia profissional. O que fez, durante quanto tempo e onde. Indicar a função e descrição das tarefas é fundamental. Se ainda não teve qualquer tipo de experiencia profissional, coloque outras atividades (por exemplo trabalhos de férias) que julgue serem favoráveis.

Formação profissional é diferente de formação académica. Entende-se por formação profissional alguns cursos que tenha frequentado.

Todos os acontecimentos deverão ser indicados por ordem cronológica, do mais recente para o mais antigo.

Use palavras ativas e positivas. Não quererá que o seu possível futuro patrão, o julgue negativo e sem autoestima.

Tenha consigo cópias de habilitações académicas e cursos que tenha tirado. Se fez ou faz voluntariado, também é importante que as possa comprovar por documentos. Se faz pratica atividades fora do trabalho que manifestem interesse intelectual, comprove-os também, pois isto causará sempre uma boa impressão. Estes documentos só deverão ser entregues numa entrevista e se o entrevistador mostrar curiosidade. Deixe-lhe as cópias se este assim o solicitar.

Todas as folhas deverão ser A4 de cor branca e nunca com cheiros, floreados ou tonalidades.

Lembre-se que o seu curriculum vitae é o seu cartão de visita. Muitas vezes, os curriculum vitae são enviados por correio ou por e:mail, pelo que a sua apresentação deverá ser a melhor. Apresente-se da melhor forma e bom trabalho!


Carla Horta

Título: Um Curriculum Vitae Perfeito

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

764 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    10-07-2014 às 23:49:55

    Fantásticas dicas de como ter um curriculum vitae perfeito. Acredito que deve ser o mais sucinto possível e com apenas uma página, bem resumido!

    ¬ Responder

Comentários - Um Curriculum Vitae Perfeito

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios