Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como fazer manicure em casa

Como fazer manicure em casa

Categoria: Beleza
Comentários: 1
Como fazer manicure em casa

O estado das nossas mãos são incontestavelmente, um cartão-de-visita que pode abrir ou fechar portas, nas mais diversas áreas da nossa vida social e profissional. Elas revelam muito acerca da nossa higiene e poderão, até mesmo ser um reflexo da nossa personalidade e capacidade de organização e gestão.

Assim, e tendo em conta que nem todos nós temos, o tempo ou a capacidade de recorrer a uma esteticista profissional todas as semanas ou sempre que gostaríamos, aqui fica um segmento criado, com o intuito de esclarecer e exemplificar, como poderá, em sua casa realizar uma manicure a si mesma(o).

Material necessário



Uma lixa para unhas (uma de papel e uma de safira)
Um alicate (para remover o excesso de cutículas)
Um corta unhas
Um pau de laranjeira (para empurrar e limpar cutículas)
Algodão
Um removedor de verniz
Uma base para unha (pode optar por uma base fortalecedora)
Um bom creme hidratante (para amolecer as cutículas e para massajar)
Alguns vernizes

Estes são alguns dos materiais e acessórios que deverá tentar ter, para criar o seu Kit pessoal de manicure.
Uma manicure, obedece a alguns simples passos lógicos, para que todo o processo seja bem realizado, rápido e sem perigos para a saúde das suas mãos.


Passos iniciais



Deverá em primeiro lugar lavar e desinfectar bem as mãos e unhas.
Seguidamente, aparar as unhas caso seja necessário ou apenas lima-las, caso queira manter algum cumprimento. Aconselha-se o uso de uma lima de papel, pois estas não são tão agressivas para com as suas unhas e deverá tentar manter os lados da unha o mais rectos possível.

Aplique o creme hidratante nas cutículas e mergulhe as mãos em água quente, cerca de 5 a 10 minutos para amolece-las.
Então com o lado liso, do pau de laranjeira, comece a remover as cutículas dos lados das unhas e afaste ligeiramente as cutilas de trás, para facilitar a sua remoção.

Veja a segunda parte, para ver o decorrer do processo.



Bruno Jorge

Título: Como fazer manicure em casa

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

771 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    10-09-2014 às 03:26:13

    Sempre faço minha manicure em casa. Simplesmente, adoro! Além de economizar bastante, faço do meu jeito e a hora que quiser! Adorei suas dicas!

    ¬ Responder

Comentários - Como fazer manicure em casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios