Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como fazer a barba da melhor forma

Como fazer a barba da melhor forma

Categoria: Beleza
Comentários: 1
Como fazer a barba da melhor forma

Com este pequeno guia será mais fácil, para si que é homem, aprender algumas dicas sobre como livrar-se dos pêlos indesejáveis e ao mesmo tempo ficar com a pele macia, digamos que se irá tornar num autêntico íman de mulheres, se assim se pode dizer.

Antes de mais, apresento-lhe algumas das formas com que é possível desfazer-se da barba em três tempos: a gilete, a eleita número um dos homens tal como anuncia a publicidade; a máquina de barbear também muito popular; ou a antiga navalha de barbeiro, esta cada vez menos procurada. Porém, serão apenas abordadas as técnicas para o manuseio da primeira, pelos motivos já descritos acima.

A primeira dica que lhe posso dar antes de mais, é tentar barbear-se preferivelmente SEMPRE depois do banho, pois é quando os poros da pele ainda estão abertos e além da suavidade que oferece para remover os pêlos, a epiderme fica naturalmente mais macia depois disso.

Deve então prosseguir com o próximo passo do procedimento, que é o de aplicar a espuma directamente na face. Inicie nas maçãs do rosto fazendo movimentos circulares, contorne o nariz e os lábios até chegar ao pescoço. É importante certificar-se que não tem pouca nem demasiada espuma, uma cobertura uniforme é a chave de sucesso para o seu barbear.

Depois, agarre na sua gilete eleita previamente por si, e elimine os pêlos desde as linhas da barba nas maçãs de rosto até as mandíbulas em linhas rectas. Efectue esse movimento várias vezes até à remoção da espuma do lado da cara que escolheu primeiramente. Quando finalizar esse processo, dedique-se ao outro lado e realize os mesmos passos.

Prosseguindo para o pescoço, deverá inclinar a cabeça ligeiramente para trás, e com a gilete fazer movimentos de baixo para cima, ou seja, começando em baixo na linha da barba e finalizando no queixo.

Continue com o mesmo passo até à eliminação da espuma.
Agora, para o bigode, estique a pele fechando os lábios para dentro, e barbeie suavemente de cima para baixo, inclinando um pouco a gilete na diagonal. Se quiser barbear em sítios mais minuciosos, com a ajuda da mão que se encontra livre puxe a pele para baixo ou então conforme lhe der mais jeito, e barbeie-se normalmente.

Não se esqueça, enxagúe a lâmina depois de cada ‘raspanço’, para evitar o entulhamento de pêlos no utensílio em questão, caso contrário isso poderá dificultar a actuação, o que em casos mais graves pode eventualmente ser a causa das pequenas feridas. Nesse caso, se a lâmina provocar algumas fissuras o melhor a fazer é desinfectar rapidamente a ferida e aplicar um pedaço de papel higiénico na mesma.

Depois, retire o excesso de espuma com água quente e procure retocar algumas partes que pode ter falhado permanecendo alguns pêlos. Se sentir que lhe está a repelar, molhe a gilete.

Finalmente resta-lhe aplicar um bálsamo Aftershave da sua preferência e também um creme hidratante que lhe providenciarão uma pele de bebé, o que deixará rapidamente as mulheres todas caidinhas por si.


Joana Mendes

Título: Como fazer a barba da melhor forma

Autor: Joana Mendes (todos os textos)

Visitas: 0

806 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    07-09-2014 às 15:55:22

    Toda vez que faço a barba demoro muito. Realmente, essas dicas serão muito úteis para mim! Valeu mesmo, fantástico!

    ¬ Responder

Comentários - Como fazer a barba da melhor forma

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios