Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Celulite - um problema de beleza e de saúde

Celulite - um problema de beleza e de saúde

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Celulite - um problema de beleza e de saúde

A celulite ocorre em vários estágios. Surgindo como um pequeno edema, evolui para nódulos e depressões, numa desorganização absoluta do tecido adiposo. Mas este fenômeno pode ser evitado com mudança de alguns hábitos.

Para compreender o processo de aparecimento da celulite, é preciso conhecer como ela se estrutura e qual sua composição. A ocorrência tem início nos lipócitos, que são células compostas por vacúolos de gordura em seu interior. O excesso de gordura ingerido na alimentação vai se depositando nestes vacúolos, fazendo-os crescer e se juntarem para ocupar o espaço de toda a célula que, por sua vez, tem o seu volume aumentado.

Nos espaços entre os lipócitos situam-se os vasos sanguíneos e artérias, responsáveis pela oxigenação e nutrição dos tecidos. Nessa região também se encontram os sistemas linfáticos. Quando ocorre o aumento do volume do tecido adiposo, há uma compressão das veias e do sistema linfático, causando um inchaço no local. Nas mulheres, o hormônio feminino conduz o excesso de gordura para a região do quadril, que afeta a parede das microveias, compromete a circulação e agrava a celulite. Quando não tratada, a tendência é a perpetuação desta situação, numa ordem cíclica.

A celulite, portanto, não é apenas uma questão estética, mas sobretudo de saúde. Antes de combatê-la é bem mais compensador adotar os meios para evitá-la, que são, principalmente, a diminuição ou a redução do consumo de alimentos gordurosos, frituras, açúcar refinado e carnes gordas.

Minimize o consumo de sal, pois o excesso retém os líquidos e favorece a celulite. Procure substituir o arroz, o macarrão e as bolachas pelas versões integrais, e evite utilizar óleo para preparar os pratos.

Pela capacidade que apresentam no combate ao processo de aparecimento da celulite, outros alimentos devem ser acrescentados à sua dieta. Ao fazer sua feira, ponha em seu carrinho: aveia, banana, beterraba, brócolis, batata, couve-flor, cebola, cenoura, chá verde, cogumelo, espinafre, frutas vermelhas, fibras, laranja, leite e queijo com baixo teor de gordura, melancia, tomate e vinho tinto.

Procure tomar sempre mais de 2 litros de água por dia. Coloque em sua rotina a prática de exercícios, e garanta o bom funcionamento de sua circulação e da oxigenação de seus órgãos e tecidos, afastando do seu organismo a possibilidade de complicações como a celulite.

Não esqueça: uma vida saudável inicia pelas escolhas em seus hábitos alimentares. Coma bem, desfrute de boa saúde, e tenha um corpo vigoroso e belo.


Helena

Título: Celulite - um problema de beleza e de saúde

Autor: Helena Helena (todos os textos)

Visitas: 0

614 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    10-09-2014 às 17:54:33

    Todas nós temos essa tal celulite e é chatérrima! Além da sua aparência ser notável, ainda tem a questão da saúde. Quão importante é cuidar do corpo praticando exercício e com uma boa alimentação.

    ¬ Responder

Comentários - Celulite - um problema de beleza e de saúde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios