Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Dicas para passar a roupa a ferro

Dicas para passar a roupa a ferro

Comentários: 2
Dicas para passar a roupa a ferro

Uma das tarefas domésticas que mais perturbam as donas de casa e as próprias profissionais da área é sem dúvida passar as roupas. Essa é a atividade mais árdua ao se administrar bem uma casa, pois envolve além de muita paciência boa forma física, já que essa tarefa pode prejudicar a coluna em caso d ema postura e dores nas mãos no caso de muitas roupas e do trabalho constante nessa atividade.

Existem lares em que se há a possibilidade de pagar por esse serviço. Esses privilegiados não se preocupam com essa cansativa rotina de passar, porém para a maioria das pessoas, não há como fugir da tarefa. Embora a indústria têxtil esteja cada vez mais usando tecnologia para garantir praticidade a nossa vida, ainda são poucas as roupas que não precisam dos ferros de passar. Logo conhecer dicas para facilitar a tarefa de passar as roupa é algo extremamente recomendado para uma rotina menos cansativa.

O ideal é sempre juntar várias peças de roupa para passá-las de uma só fez, evitando um gasto maior de energia. Um ferro bom e apropriado é fundamental para garantir a eficiência do trabalho. Existem os ferros a vapor e os a seco. Os ferros a vapor acabam com os vincos das roupas. Os melhores aparelhos são aqueles com graduação de temperatura para diversificados tipos de tecido. Antes de começar a passar, é necessário observar se a parte debaixo do ferro está limpa para evitar que passe a sujeira para as roupas. Se estiver sujo, deve ser limpo com um pano seco, antes de usá-lo. Antes também de passar é melhor separar as roupas lavadas pelo seu tipo de tecido. Isso garante economia de tempo e energia elétrica.

Para roupas muito amassadas a dica é usar sempre o ferro com vapor. É importante também olhar as etiquetas das roupas. Nelas estão as recomendações adequadas de temperatura para passá-las. Caso não constem essas informações, o ideal é ir graduando a temperatura aos poucos e ir testando até conseguir desamassar a peça. Roupas úmidas são mais fáceis de passar do que as totalmente secas. Logo, passar as roupas quando elas ainda estão úmidas é uma dica que facilita o trabalho da dona-de-casa. As primeiras roupas a serem passadas devem ser aquelas que exigem uma temperatura menos quente e as últimas as que precisam de mais calor. As roupas que têm muitos detalhes como aplicações, emborrachados, fitas, miçangas e bordados não podem receber diretamente o ferro. O indicado é passá-las com um pano por cima ou do avesso. Existem produtos a venda no mercado que facilitam a atividade. Eles podem ser usados tranquilamente, pois garantem eficácia e economia de tempo.

Caso as roupas estejam muito amassadas após a lavagem, uma boa dica é fazer uma mistura de água e amaciante e borrifar esse líquido levemente. Essa mistura facilitará a passagem. Ela só não é recomendada para roupas pretas, pois pode deixar manchas. Nas roupas pretas o melhor é borrifar só água. É preciso também ter cuidado na hora de passar tecidos mais leves como cetim, crepe e linho. O recomendado para estes tecidos é passá-los com um pano por cima. O mesmo com as roupas pretas já que podem ficar marcadas pelo ferro.

A tábua de passar é muito importante no auxílio a essa tarefa doméstica. Ela ajuda no encaixe certo das roupas. Para calças e camisas é primordial. Sem dúvida a peça que mais dá trabalho na hora de passar as roupas são as camisas sociais. A melhor maneira é começar a passar as laterais da peça, depois as costas e a parte da frente. Deve-se deixar o colarinho e os punhos por último. É importante esperar a peça esfriar antes de guardá-la. Já as calças devem ser vestidas na tábua, passadas pelo avesso a começar pelos bolsos e depois passadas novamente pelo lado certo.


Rosana Fernandes

Título: Dicas para passar a roupa a ferro

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

766 

Imagem por: redjar

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-06-2014 às 18:09:19

    Já até aconteceu comigo de queimar a roupa, de tão fina que ela era. Mas, sabendo agora dessas dicas, fiquei mais segura da próxima vez.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • FabianaFabiana

    10-08-2010 às 20:32:29

    Dicas excelentes! ão tem coisa pior do que passar roupa, sorte minha que agora a máquina que comprei (uma da LG com abertura frontal) tem secadora embutida que deixa as roupas hiper macias, algumas peças nem precisam ser passadas depois^^

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para passar a roupa a ferro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Imagem por: redjar

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios