Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Mercados impelem à inovação

Mercados impelem à inovação

Comentários: 1
Mercados impelem à inovação

Porque motivo o frigorífico não pode ser cor de laranja, uma máquina de lavar rosa bébé, de secar roupa amarela e uma de lavar a louça azul e branca? Porque motivo não se concilia o funcional com o lúdico e se distribui flores ou formas geométricas coloridas para aplicar nos electrodomésticos? Ou, para ilustrar as épocas festivas, coelhinhos para colar na Páscoa, azevinho ou uns duendes no Natal e um arco-íris, elaborado com as cores do nosso gosto e acompanhado por uns tesouros, nos aniversários?

Porque não se aplicam materiais laváveis nalguns electrodomésticos, que possam fazer as delícias das crianças da casa, dando asas à sua criatividade artística de desenho com os seus lápis coloridos, enquanto a mãe prepara o jantar e o pai a sobremesa? Promove-se o encontro, a conversa, a brincadeira e a risada, altera-se as roupagens dos electrodomésticos ao ritmo da vontade dos pais e dos pequenotes e marca-se a diferença.

E porque não pensar na protecção das crianças (fruto da maiorias dos lares) e construir equipamentos domésticos com formas mais arredondadas, revestidas com materiais amortecedores em zonas de potencial perigo, para atenuar danos em caso de choque ou de queda, tão vulgares em qualquer criança?

Ora aí estão algumas respostas que podem marcar a diferença no mercado cada vez mais competitivo das utilidades domésticas. Se estas foram criadas para, ao longo dos tempos, facilitar cada vez mais o desempenho das tarefas, podem no século XXI constituir também uma parte do nosso meio de evasão, quer pela sua aparência e forma de encaixe decorativo no todo que constitui o lar, quer por uma faceta lúdica que possa adaptar-se a qualquer gosto ou ambiente.

Inovar para diferenciar é a chave para solucionar a estagnação que se vive actualmente. Os mercados das utilidades domésticas, que há 50 anos eram consideradas um bem de luxo, há 30 de segunda necessidade e hoje um produto que encaixa o top das prioridades de qualquer adulto, exigem uma mudança.

Há que aproveitar a evolução técnica, social e económica e construir um posicionamento distintivo, que marque a diferença face à concorrência e atraia a atenção e o desejo do consumidor, oferecendo-lhe mais-valias ajustáveis à sua realidade. Personalizar, apresentar utilidades múltiplas (ou acessórios capazes de o assegurar), acompanhar o Cliente ao longo da vida e do ciclo do produto são três pólos que fazem a diferença.



Carla Santos

Título: Mercados impelem à inovação

Autor: Carla Santos (todos os textos)

Visitas: 0

622 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    07-06-2014 às 21:03:45

    O mercado é volátil. O que hoje faz sucesso, amanhã já não o faz. Por isso, as empresas investem cada vez mais em inovação - eis aí o perigo também do consumismo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Mercados impelem à inovação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios