Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > Young Gun's - Os filmes de cowboys modernos

Young Gun's - Os filmes de cowboys modernos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
Visitas: 16
Comentários: 6
Young Gun

Se a cada vez que se falam de filmes de cowboys, só nos lembramos das perseguições de Índios e lutas por territórios, saiba que também existem evoluções nas histórias dos western.

Filmes antigos de Índios e Cowboys faziam as delícias de quem queria ver filmes de ação, muitos tiros e ocupações e invasões territoriais. Deixámos entretanto de acreditar que os cowboys eram os heróis a partir do momento em que tivemos acesso a mais informação. Afinal, os invasores não eram os Índios, mas os cowboys.

De qualquer forma, as delicias eram feitas, e o velho John Wayne ficou imortalizado com os mais memoráveis filmes de cowboys. O solitário e charmoso personagem apesar de recordado, passou à história e a moda mudou. Também a família Bonanza acabou algo que esquecida e o Joe pequeno já não faz bater corações. Hoje, os filmes de western são outros, com outros personagens e outras histórias.

Mesmo que não seja um amante de filmes de cowboys, os dois filmes de -Jovens Pistoleiros - vão entusiasmá-lo.

Os filmes tratam da vida e legado do conhecido - Billy the Kid - e as aventuras e perigos sucedem-se.

Não se tratam de guerras com Índios, e temos inclusive no bando do personagem principal, um que faz bater corações mais étnicos.

Billy, um pequeno marginal, é adotado por um homem que tinha por habito acolher na sua fazenda criminosos de pequenos delitos. Dava-lhes de comer, de lugar para dormir e conviver. Obrigava-os a uma integração da sociedade da época. Ensinava-os a ler e cultivava-os e em troca eles trabalhavam e defendiam a fazenda, tornando-a numa das produções de gado mais valiosas da região.Com a ocupação territorial entre povoações (e não estamos a falar dos pele vermelha), o velho homem é morto e cabe a Billy e aos outros vingarem a sua morte.

Aventuras fascinantes em que um bando de cowboys terá de lutar pela sobrevivência, com a partilha uns com os outros e pela luta para recuperar a fazenda que lhes pertencia.

Com reconhecidos atores como Emilio Esteves, Kiefer Sutherland (série 24 e “Linha Mortal”), Charlie Sheen e Lou Diamond Philips (La Bamba), estes filmes vão agradar a todos pelas excelentes atuações e pelos efeitos. A salientar também as bandas sonoras. No segundo filme a cargo do cantor (e também ator) Jon Bon Jovi, cuja banda sonora e direção de orquestra estiveram ao seu encargo. Podemos ouvir temas bem conhecidos como - Blaze of Glory - (Chamas da Glória) conhecido do público em geral.

Aventure-se também e durante uma noite divirta-se numa noite de cowboys.


Carla Horta

Título: Young Gun's - Os filmes de cowboys modernos

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 16

763 

Imagem por: anyjazz65

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 04:30:15

    Adoro filmes de ação e de cowboys. Esse que você citou, Young Gun, parece ser bem interessante. A Rua Direita agradece a recomendação.

    ¬ Responder
  • 7io9o

    26-02-2013 às 20:29:31

    Procurei por esses filmes por muito tempo e só os encontrei por acaso num sebo em DVD. Estavam seminovos. Troquei-os por um livro. Engraçado né rsrs.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarisa

    24-07-2012 às 09:55:42

    Não consigo arranjar estes filmes em lado nenhum. Vi-os há muitos, muitos anos e não consigo agora encontra-los. Tinha-os em fita de vídeo, mas com o tempo a degradação foi tal que não os consegui salvar. OS atores são do melhor, o enredo do filme é fantástico e a banda sonora (do 2º principalmente) é perfeita. Uma união fantástica e fulminante para quem gosta de cowboys.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLobita

    23-07-2012 às 11:44:45

    A Banda Sonoro deste filme é extraordinária. Muito ao jeito de Jon Bon Jovi no que toca a qualidade. Tenho o álbum comprado na altura e ainda é em disco vinil, bem estimado e guardadinho.
    Vi o filme por causa da banda sonora e por causa do vídeo clip do single do álbum Blaze Of Glory. Adorei o filme. Com uma história bem montada e com um desfecho bastante curioso. Muito ao estilo irmãos de sangue como se vivia no tempo dos cowboys. Emilio Esteves no seu melhor em parelha com outros atores extraordinários. Lamentável é a falta de incentivo para passar destes filmes na televisão.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCremilde

    23-07-2012 às 11:44:25

    Como sou amante da musica de Jon Bon Jovi, vi o segundo antes do primeiro, por causa da Banda Sonora. Decidi que teria de ver também o primeiro, até porque a história é continua. Adorei os filmes, mas como sou suspeita, claro que prefiro o Young Gun’s II. Um enredo à Americana do tempo dos Cowboys e que nos prende à televisão ou à tela. Só lamento que com tantas repetições de filmes que dão nos canais da televisão, não se tenham lembrado destes filmes qua calhavam muito bem a um Domingo à tarde ou até mesmo ao serão. Um bom filme para ver em família.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRosário

    19-07-2012 às 12:16:46

    Curiosamente não gosto de filmes de cowboys, mas adoro este. Fico feliz por alguém se lembrar deste filme, pois é sempre difícil encontrar que o tenha visto. Fui vê-lo a um cinema muito pequeno em Lisboa, daqueles que passam filmes que não passam nos grandes cinemas, numa altura em que as pipocas ainda não eram moda nos cinemas Portugueses.
    Comecei por me entusiasmar por ser um filme com o Kiefer Sutherland, pois desde sempre o adorei como ator. Fiquei espantada com o filme, pois tem uma historia verdadeiramente apaixonante. Acabei depois por ver o Young Gun’s 2 em vídeo em casa. Para quem nem gosta de filmes de cowboys, este ficou-me marcado.

    ¬ Responder

Comentários - Young Gun's - Os filmes de cowboys modernos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Viagens
Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco\"Rua
Não é novidade para ninguém que o Brasil está passando por uma séria crise econômica e política. Atrelado a isso, a elevação do dólar nos últimos meses tem contribuído para a queda considerável no número de viagens internacionais. Para os amantes de viagens, também chamados travelholics, a crise não é um motivo para adiar aquela viagem tão esperada.
Nesse post você terá dicas de como superar esse momento e realizar seu sonho de uma forma mais econômica, sem precisar de guias turísticos, que encarecem ainda mais a viagem.

Dica 1) Planeje sua viagem com antecedência.
Provavelmente a maioria já ouviu falar disso, mas é a pura verdade. Programar a viagem é o primeiro passo para uma estadia tranquila e bem mais barata. Escolher o destino, a época do ano e com quem ir é o começo de tudo. As passagens aéreas costumam ter preços promocionais quando comprada com antecedência e você poderá escolher melhor onde passará as noites.

Dica 2) Pesquise os preços das passagens diariamente.
Se o destino já está definido, comece a buscar as passagens já. Os preços costumam variar diariamente, e sim, podem cair ou subir absurdamente de um dia para o outro. Eu super indico o Google Voos como busca de passagem. Ele apresenta os valores e os horários das mais variadas companhias aéreas e no final, te redireciona para o site da empresa sem te cobrar nenhuma taxa por isso. Além disso, ter em mente a opção de flexibilizar as datas pode te possibilitar um bom desconto no final. Você e o seu vizinho de assento podem estar indo pro mesmo destino, mas pagando valores completamente diferentes.

Dica 3) Use e abuse do Google Maps para escolher a região de hospedagem.
O Google Maps é uma opção de busca com mil e uma utilidades. Depois de escolhida a cidade, pesquise a localização dos principais pontos turísticos que são do seu interesse. Há várias ferramentas para busca de hotéis e pontos turísticos no site. Se você vai depender de transporte público ou ''viação pé'' para conhecer a cidade, uma boa dica para economizar tempo e dinheiro é ficar na região cultural da cidade. Você poderá pagar um pouco mais caro na estadia, mas economizará em outros quesitos.

Dica 4) Utilize os sites de busca de hotéis para fazer as reservas.
Depois de muito pesquisar, descobri que organizar a viagem por conta própria pode sair até pela metade do preço do que seria através de uma agência de viagem. Existem muitos sites de hotéis, mas é bom pesquisar sua credibilidade em fóruns e sites de reclamação. Minha sugestão é o Booking.com, há anos no mercado com milhões de clientes, ele é reconhecido pela sua transparência e grande assistência àqueles que precisaram resolver algum problema. Utilizando as datas de entrada e saída, e os filtros como valor máximo da diária e número de estrelas, você encontra o melhor hotel pro seu gosto e seu bolso.

Dica 5) Seguro Viagem
É imprescindível a contratação de um seguro viagem se você está indo para o exterior. Dependendo do país, uma diária no hospital pode sair mais cara que toda a viagem. Sem falar que em caso de extravio de bagagem e algum problema mais grave com um parente próximo no país de origem, além de outras questões, o seguro tem a cobertura específica. Não se deixe levar pelos pequenos preços. Procure aqueles conhecidos mundialmente e, de preferência, utilizado por algum conhecido. Quanto mais detalhado for, melhor.

Dica 6) Curta a pré-viagem pesquisando
O período antes da viagem é tão gostoso quanto ela, propriamente dita. Aproveite para pesquisar sobre os locais do seu interesse, restaurantes, lojas e principalmente transporte. Hoje, já existe taxímetro online em grandes metrópoles, onde você pode fazer um cálculo estimado da corrida de um lugar a outro. Como o nosso objetivo é a economia, são muitas as alternativas de transporte. Além do bom e velho ônibus, as vans compartilhadas do aeroporto para o hotel podem sair bem mais em conta que o táxi. Para quem for ficar poucos dias em uma grande cidade, os ônibus vermelhos de dois andares, conhecidos por Hop On Hop Off, dão uma geral na cidade, passando pelos principais pontos e possibilitando ao turista parar onde quiser, e esperar pelo próximo nos pontos indicados. Existem ticktes de 24, 48 e 72 horas ilimitado, a partir do momento do primeiro uso.

Pesquisar mais textos:

Letícia Spínola Flávio

Título:Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Autor:Letícia Spínola Flávio(todos os textos)

Imagem por: anyjazz65

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Adriana SantosAdriana Santos

    10-11-2015 às 21:16:50

    Gostei das dicas! Valeu!
    Realmente, as pessoas que amam viajar encontram diversas formas, nem que seja um lugar próximo a sua cidade!

    Abraços!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios