Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Tuberculose

Tuberculose

Categoria: Saúde
Visitas: 4
Tuberculose

A tuberculose é conhecida desde épocas muito antigas e ainda hoje mata mais de 1 milhão de pessoas no mundo anualmente. Ao contrario do que algumas pessoas pensam, esta doença tem cura. Mas é preciso ficar atento aos sintomas e tratá-la corretamente. Causada por uma bactéria chamada de bacilo de koch, a tuberculose ataca quando o organismo está debilitada e afeta principalmente os pulmões, porém pode atingir outros órgãos como, por exemplo, o intestino.

Esta doença é adquirida pelo ar e pode ser transmitida pela tosse, ou espirro ou fala. Os principais sintomas da doença são: tosse persistente, eliminação de sangue no escarro, febre, suor durante a noite, falta de apetite e fraqueza. A tuberculose pode ser detectada a partir de exames raios-X do tórax e colheita do escarro. É preciso cuidar e se tratar corretamente, a tuberculose tem 100% de cura. São recomendados medicamentos de antibióticos, que devem ser tomados por cerca de seis meses regularmente e são disponíveis em postos de saúde. O paciente não deve se automedicar e nem abandonar o tratamento iniciado pelo medico. Se perceber os sintomas descritos anteriormente procure um medico.

Apesar de haver alguns cuidados que devem ser tomados quando a uma pessoa com tuberculose na família ele pode sim levar uma vida normal e praticar atividades diárias. Como a doença é contagiosa e transmitida pelo ar, recomenda-se que, durante o primeiro mês a pessoa não permaneça em locais fechados com pessoas saudáveis e proteja a boca ao tossir e espirrar. Porem, copos, pratos e talheres não precisão ser separados somente para uso do paciente, pois eles não transmitem a bactéria. A pessoa com tuberculose pode se alimentar normalmente. È normal que ele perca o apetite, porem os medicamentos tendem a normalizado. Os alimentos que fortalecem o sistema imunológico, como os ricos em vitamina C como o tomate, acerola, laranja e verduras podem ser bons aliados ao no tratamento da doença.

È importante que a carteira de vacinação das crianças esteja em dia, pois a vacina BCG protege-as contra formas graves de tuberculose. Essa vacina é recomendada a partis do primeiro mês de vida da criança e é reforçada após os 10 anos de idade. A relação entre AIDS e tuberculose e o vírus da AIDS, o HIV, compromete o sistema imunológico. Debilitando o organismo que não consegui se defender da bactéria que causa a tuberculose. No Brasil, cerca de 25% dos tuberculosos são portadores de HIV. Em países com mais alto índice de AIDS quase 80% dos tuberculosos possui o vírus da AIDS.

Waldiney Melo

Título: Tuberculose

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 4

783 

Comentários - Tuberculose

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios