Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Quebre a pedra.. nos rins!

Quebre a pedra.. nos rins!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
Comentários: 9
Quebre a pedra.. nos rins!

A litíase renal, vulgo pedra nos rins, representa um problema que poderá vir a afetar cerca de 12% da população mundial. A formação de cálculos (pedras) nos rins é descrita e registada desde tempos imemoriais por médicos que, há cerca de 4000 anos antes de Cristo, já referiam episódios da grave afeção. Durante o século XX, e após o período de depressão económica que se sucedeu à Segunda Guerra Mundial – em que alimentos como carne ou peixe se encontravam racionados –, o número de casos desceu consideravelmente, constatação que parece apontar para uma relação direta do número menor de casos com um menor consumo proteico.

A litíase pode ter origem em diversos fatores, como o sexo (os homens são mais afetados), a raça (a população branca regista maior incidência destes casos), a idade (o problema surge com maior frequência na terceira ou na quarta década de vida), alterações metabólicas, presença de infeções urinárias e tipo de alimentação (o consumo excessivo de sal, cálcio, proteínas e bebidas gaseificadas parece contribuir decisivamente para um aumento dos casos).

Os sintomas incluem cólicas que podem variar de intensidade, entre o quase impercetível e dores agudas fortíssimas, que têm início na região lombar e que gradualmente se propagam até à zona ilíaca; pode também ocorrer hematúria (presença de sangue na urina), bem como vómitos, náuseas e agitação (normalmente associadas à violência das cólicas). O diagnósttico correto deverá ser efeito com recurso a exames de radiodiagnóstico (um RX), a ecografias abdominais e à análise direta da urina. A doença deve ser tratada rapidamente, sob pena de, em casos mais severos, provocar obstrução urinária e pedra consequente do rim.

Para evitar maiores probabilidades da incidência desta doença, deve-se ingerir muita água (2-3 litros), evitar comer-se carne vermelha (cujo teor proteico é dos mais elevados), tomar-se chás específicos (como o célebre quebra-pedra) – apenas em casos já diagnosticados e evitar o consumo de sal e de bebidas gaseificadas.

Quando a doença já se declarou, o seu médico poderá optar, consoante a especificidade do seu caso, por iniciar um tratamento tendo por base a aplicação de ondas eletromagnéticas (método não invasivo que fragmenta a pedra através de ondas que se concentram em torno do rim afetado) ou de raios laser (método apenas utilizado quando os doentes apresentam outras complicações de saúde, como a hipertensão arterial), ou, ainda, uma cirurgia convencional, em que o médico remove completa e diretamente a pedra.

Já sabe: se nunca «experimentou» uma crise, não espere para ver como é. Previna-se, seguindo, acima de tudo, uma alimentação saudável e bem regada (com água, de preferência)!


Isabel Rodrigues

Título: Quebre a pedra.. nos rins!

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 4

779 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    15-07-2014 às 23:36:10

    Muitas pessoas sofrem de pedra nos rins. Por vezes, tentam ir ao médico para ver como seguir um bom tratamento a fim de tirá-lo. Sempre é bom beber bastante água, isso evitará muito dores indesejáveis e problemas futuros.

    ¬ Responder
  • SORAIASORAIA

    15-05-2012 às 19:26:45

    eu tenho pedra nos rins eu gostaria de saber como eu posso tirar essas pedras porque eu nao aguento mais de tanta dor. ja fazer uns 2anos , eu não tinha, acho que foi devido tomar suplementos , o que eu faço me ajuda ...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocristina aparecida

    23-02-2012 às 00:05:14

    EU TENHO CALCULO RENAL E AS MINHAS CRISES SAO COM MUITA FREQUENCIA E DORES ORIVEIS.MEUS BRASOS VIVEN FURADOS MEU ESTOMAGO JA ESTA PREJUTICADO NAO SEI OQUE FAZER

    ¬ Responder
  • paulo roberto

    06-02-2012 às 14:30:46

    jesus me curou de pedra no rim ,voce cre.

    ¬ Responder
  • ricardoricardo

    21-06-2012 às 22:53:16

    claro k sim deus tem poder para tudo !!!

    ¬ Responder
  • RodrigoRodrigo

    31-05-2011 às 13:26:07

    Tenho calculo a de 8 anos, fiz varias vezes LECO, foram de grande valia, porem nao estão mais surgindo efeito, agora vou fazer uma PERCUTANEA, eh o unico jeito de tira-la.

    mas tomei varios remedios q ajudaram a diminuir meus calculo tais como: NQI, ROVATINEX, DISSOL,HIDROXIDO DE POTASSIO.. entre "n" chás...

    uma dica.. previna-se.. eh o melhor remedio... foi o q eu nao fiz!!! diminua condimentos, catchup eh o pior!!! sal, carne vermelha, refrigerante.. enfim produtos industrializados!!




    daki 3 semanas conto como foi a cirurgia!

    abraço.

    ¬ Responder
  • Marisa TerezinhaMarisa Terezinha

    29-12-2010 às 15:03:46

    Meu neto tem 13 anos e tem problema de rim,o médico disse que o organismo dele é um reprodutor de pedras e tbém estava com sangue na urina,a médica passou a dieta tirando carne e seus derivados,refrigerantes,enlatados,presunto,sal.Meu neto não sente dor nenhuma,ele tem esse problema desde os 5 anos de idade.envie uma resposta em meu e-mail.Obrigada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoÉter

    24-03-2010 às 15:56:46

    @jaco william bareto
    Tem que beber muita agua! à volta de 1.5l ou 2l no mínimo. mas tem que que consultar o médico pois só ele sabe qual o tratamento mais indicado para si.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojaco william bareto

    24-03-2010 às 14:11:42

    eu tenho pedra nos rins eu gostaria de saber como eu posso tirar essas pedras porque eu nao aguento de tanta dor

    ¬ Responder

Comentários - Quebre a pedra.. nos rins!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios