Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Festivais de verão

Festivais de verão

Categoria: Música
Comentários: 5
Festivais de verão

O verão é exepcional para quem gosta de música e tudo o que com ela esteja relacionado.

Os maiores eventos desta estação quente estão relacionados com a realização de grandes festivais nacionais e internacionais.

O destaque vai para o célebre festival de Avignon, em França, O Andanças, em Portugal, os Jogos Olímpicos que se realizam na Inglaterra e as feiras de âmbito internacional, em Espanha, França, Portugal ou Alemanha.

Em todos eles perdura um espirito de festa, com muita música, bandas sonoras e grupos musicais de grande renome.

Há sempre muita gente de todas as idades que se desloca para países onde esses eventos se realizam.

Há uma grande variedade de festivais , feiras e festas que atraem gente de todo o mundo.

Quem gosta de música e muita gente , o verão é sem dúvida muito rico, nestes acontecimentos, que se realizam sempre anualmente.

Neles pode apreciar-se música a vários ritmos e estilos, concertos, bandas, Jazz ou mero foclore regional.

Enfim, há para todos os gostos e idades, apesar de nem sempre as entradas serem acessíveis. Mas, vale a pena poupar durante o ano para assistir a estes eventos, que trazem alegria e boa disposição.

As capitais da Europa são muito procuradas, em virtude da sua beleza e riqueza cultural e turística.

As feiras animam sempre qualquer cidade, sejam artesanais ou outras, pois há sempre a atração das figuras célebres que se destacam nesses eventos grandiosos.

Não é só nas grandes cidades, que se assiste a estas festas, mas inclusive nos meios mais pequenos, onde as festas populares são típicas e atrativas. São elas que desenvolvem estas regiões, por serem muito visitadas e relembradas todos os anos.

O verão é pois muito apreciado, não só pelos seus festivais e festas mas também pelas belíssimas prais da costa. Até nelas se pode assistir a atividades relacionadas com música, bandas e concertos.

Vale a pena visitá-las pelo seu valor cultural, paisagístico e efeito salutar na saúde do corpo e da mente.

Para quem gosta de assistir às feiras e romarias típicas do verão, pode comprar pacotes de viagens, onde tudo isso está incluído, com visitas a feiras, entradas em recintos de festas ou outras.

Os pacotes de viagem, incluem os itinerários, locais a visitar e eventos relativos ao local.


Pedro gil Ferreira

Título: Festivais de verão

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 19:28:15

    As festas de verão são bem agitadas e animadas. Momentos de muita diversão ao som de muita música boa e popular!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAndré Fernandes

    05-07-2012 às 11:56:52

    Os festivais já não são o que eram antigamente, cada vez estão mais degradados e mais distantes do que eram antigamente...
    Felizmente que ainda existem por ai alguns que mantém esses padrões.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla

    05-07-2012 às 11:53:22

    Os festivais estão cheios de gente, mas ainda se fala que estamos em crise?
    nao sei o que pensar

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJose

    05-07-2012 às 11:48:15

    É por isto que adoro esta altura..
    Passear pelo pais para perseguir os festivais que aparecem por ai, de todos os géneros musicais etc..
    Venham eles

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoValter

    05-07-2012 às 11:47:13

    O andanças um grande festival?? Não digo que seja mau, mas em portugal existem tantos outros de muito mais relevo que o Andaças.

    ¬ Responder

Comentários - Festivais de verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios