Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Venenos de Deus, Remédios do Diabo - Mia Couto

Venenos de Deus, Remédios do Diabo - Mia Couto

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Venenos de Deus, Remédios do Diabo - Mia Couto

Tudo começa num dia em que, o médico, Sidónio Rosa, vai visitar o seu paciente, Bartolomeu Sozinho, um velho marinheiro, casado com Munda.

Um dia, Munda, no posto de saúde, relembra o dia em que Sidónio chegou a Vila Cacimba. O médico chega junto dela e, pergunta pela sua filha, Deolinda. Tinham namorado durante um congresso em que Deolinda tinha participado em Portugal. Munda responde-lhe que está fora, mas que voltará em breve. Desde esse dia, Munda deixa de ir ao hospital e, passa a ser Sidónio a ir a sua casa.

Numa dessas visitas a casa dos Sozinhos, Sidónio quando se vai embora, esquece-se da pasta. Bartolomeu já não foi a tempo de a entregar e, no silêncio da noite a curiosidade aperta. Abre a pasta e diz: “-Grande filho da puta!”.

No outro dia, o médico recebe um alerta de Munda: Bartolomeu tinha saído de casa. O médico prontificou-se logo a procurá-lo. Encontra-o num barracão a satisfazer o seu desejo carnal com uma prostituta.

Quando Sidónio ia a chegar a casa com Bartolomeu, foram intersetados pela prostituta, queria o pagamento. Bartolomeu recusou-se a pagar, mas Sidónio não queria escândalo. Deixa o velho marinheiro em casa e vem pagar-lhe e, fica surpreso quando a prostituta lhe disse que ele chamou por um nome, e não era Munda, era Deolinda.

O médico chega ao posto de saúde e, é recebido por uma notícia: Dona Munda tinha levado um remédio. Ele corre para casa dos Sozinhos e, chega a tempo de evitar o pior.

Quando Bartolomeu acorda, Munda e Sidónio estavam ao seu lado e, esta tinha uma fotografia na mão. Munda acusa-o de infidelidade e, Bartolomeu diz que a rapariga da foto é sua filha, Isadora. Munda diz que nunca o perdoará e, sai do quarto.

A sós, o velho marinheiro dirige-se ao médico e diz-lhe que sabe que ele não era médico. Aqui, Sidónio teve a certeza que foi ali que deixou a sua pasta com os documentos falsos.
Entretanto, Suacelência adoece e tem todos os sintomas de ter sido envenenado e sua mulher, Esposinha, diz ao médico que ele está assim devido ao medicamento que Sidónio lhe tinha receitado.

No outro dia, o médico decide ir embora para Portugal. Vai a casa dos Sozinhos para se despedir. Munda não deixa o médico partir sem lhe dizer que Deolinda está morta. Morreu enquanto fazia um aborto de uma violação. Foi Suacelência que a violou e, por isso, Munda o tentou matar, com o remédio que supostamente era para o seu marido.

Quando estava à espera do autocarro que o levaria daquela Vila encontra Suacelência. Este conta-lhe uma versão diferente de Munda. Deolinda morreu de doença. Não era filha de Munda nem de Bartolomeu. Era irmã de Munda.

O médico sonha com uma mulher que vê quando vai a sair da Vila. A camioneta para e, condutor pede-lhe para entrar e ela diz que fica no cemitério a semear flores, beijos-de-mulata.


Daniela Vicente

Título: Venenos de Deus, Remédios do Diabo - Mia Couto

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

627 

Comentários - Venenos de Deus, Remédios do Diabo - Mia Couto

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Seguros
Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet\"Rua
Os seguros pela Internet estão a ter cada vez mais procura por parte dos consumidores, especialmente devido ao factor preço, mas também porque as pessoas começam a dominar melhor as ferramentas da Internet e a ter mais confiança nos serviços disponibilizados online.

A grande vantagem de contratar um seguro pela Internet é a possibilidade de conseguir valores muito inferiores aos que conseguiria num mediador de seguros local. Poderá conseguir reduzir o prémio do seu seguro em 50% ou ainda mais. As operadoras de seguros que actuam pela Internet não têm que pagar comissões aos correctores (intermediários) e por isso podem fazer preços mais competitivos. Além disso, poderá também fazer simulações online usando os aplicativos para esse efeito que essas empresas de seguros disponibilizam nos seus sites.

Ao trabalhar com estas empresas não terá que perder tempo em filas de espera nas agências físicas. Todas as operações podem ser efectuadas através da Internet: adesão, alteração de dados, alteração do modelo de seguro, etc., e toda a informação relativa aos seus seguros estará disponível 24 horas por dia na sua conta de cliente.

Para as pessoas que dão grande importância ao contacto pessoal na altura de contratar um serviço, as empresas de seguros pela Internet não são obviamente uma solução, e essa é uma das suas principais desvantagens.

Outra desvantagem é que no caso de haver algum problema terá que ser o próprio cliente a contactar a seguradora e a tratar de tudo que for necessário para a resolução do problema, enquanto se contratar o seus seguros através de um mediador, no caso de haver problemas apenas tem que contactar o seu mediador e será ele a tratar de tudo.

Na minha opinião, para quem percebe o mínimo de Internet e quer poupar dinheiro nos prémios dos seus seguros, obviamente que as seguradoras que actuam pela Internet e telefone (as chamadas low-cost) são sem dúvida a melhor opção.

Se por outro lado, você não domina a Internet e não gosta de se preocupar nem de tratar de papeladas, no caso de ter algum acidente, então o melhor é manter-se em contacto com as agências físicas.

Pesquisar mais textos:

Carlos Vieira

Título:Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet

Autor:Carlos Vieira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Francisco Moreira da Silva 04-10-2014 às 11:37:30

    Passados estes anos o canal de vendas de seguros pela internet tem muito pouca representatividade no nosso mercado. Tudo não passa de muita, mas muita, publicidade. É impossível reduzir o prémio de um seguro automóvel(é neste produto que estas seguradoras mais se tentam afirmar) em 50% ou ainda mais. O consumidor de seguros prefere e procura um profissional que EXPLIQUE OS SEUS SEGUROS. No pós venda são os MEDIADORES PROFISSIONAIS DE SEGUROS que melhor desempenham este importantíssimo serviço ao cliente de seguros, oferecendo níveis de serviço muito superiores ao de qualquer seguradora que venda pela internet! … e sem pagar mais por isso! … Sobre este tema haveria muito mais para falar, termino dizendo: O QUE RENDE É IR FAZER O SEGURO NUM MEDIADOR PROFISSIONAL DE SEGUROS.

    ¬ Responder
  • gil 17-06-2014 às 23:03:37

    tontarias , nao vale de nada , treta...

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    29-05-2014 às 16:28:35

    Os seguros pela internet precisam ser bem pesquisados, pois há muitas fraldes. O melhor é receber indicação de alguém que já use o serviço.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios