Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Máscara caseira para hidratação

Máscara caseira para hidratação

Categoria: Beleza
Comentários: 1
Máscara caseira para hidratação

Para que a pele tenha maciez, brilho e luminosidade natural, é preciso que esteja bem hidratada. Uma pele hidratada, tem mais elasticidade e sua capacidade de proteção fica mais fortalecida, oferecendo maior resistência as intempéries da natureeza, como o frio e o calor.

Quando a pele está pouco hidratada, ela sofre ressecamento e fica quebradiça, ou seja; descama, fica áspera devido ao ressecamento, podendo inclusive enrugar com maior facilidade por falta de hidratação.

Hidratar a pele começa pela boca, isso mesmo; pela boca através da ingestão de líquidos, ao menos dois litros d'agua por dia. Falando assim, parece uma grande quantidade mas não é, com apenas dez copos simples por dia, já se obtém a quantidade de aproximadamente dois litros, trata-se de uma hidratação de dentro para fora, pois só a utilização de cremes não é suficiente. O uso do protetor ou bloquedor solar, é importantissimo, os efeitos do sol sobre a pele causam danos como o envelhecimento e a descamação. Claro que se pode ir à prai ou frequentar piscina, não vamos ver o sol como um vilão mas, sempre lembrando de usar protetor solar e tomar sol apenas nos horários recomendado.

O tratamento de hidratação, nem sempre tem alto custo e pode-se começar em casa com o uso de máscara caseira.

Inicie a aplicação da máscara limpando a pele, sempre antes de qualquer aplicação, a pele tem de estar limpa. Lave o rosto com sabão neutro para não alterar o ph da pele, depois, faça uma esfoliação para ajudar a esfoliar. Essa esfoliação pode ser feita com fubá, colocando um punhado de fubá em uma tigela e mistura-lo com água, fazendo um tipo de mingau grosso e com o auxílio de uma gaze limpa e nova, ir passando em movimentos circulares. Se preferir uma esfoliação um pouco mais forte, basta acrescetar à mistura, um poco de açucar, enxaguar e aplicar a máscara. Essa máscara caseira pode ser de suco de dois tomates, bata os tomates no liquidificador sem água, se desejar, acrescente iogurte natural e mel, passe esse creme no rosto e descace de dez a vinte minutos, depois remova com água fria, aplicar duas vezes na semana.

É bom evitar os banhos muito quentes mesmo no inverno, a água muito quente resseca a pele e tira o brilho.

Esse tratamento caseiro para hidratação é simples e quando aliado a medidas de prevenção como o uso do protetor solar e ingestão de líquidos, ajudam a manter a pele saudável.


Sílvia Baptista

Título: Máscara caseira para hidratação

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

786 

Imagem por: Pink Sherbet Photography

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana dos Santos da Silva

    13-09-2012 às 18:28:03

    Muito boa a dica da colega. Essa máscara feita regurlamente causam efeito enorme. Podem mudar aparência de sua pele. Mas o infalível mesmo é a boa alimentação e o consumo de muita água. Isso hidrata a pele, sem contar os milhões de benefícios que ela causa em todo o nosso corpo. Usava muito protetor solar quando trabalhava, mas hoje em dia como fico em casa, preciso hidratar principalmente os cotovelos, pois estão ásperos demais.

    ¬ Responder

Comentários - Máscara caseira para hidratação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios