Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como aparar o bigode

Como aparar o bigode

Categoria: Beleza
Visitas: 64
Comentários: 1
Como aparar o bigode

Muito homens gostam de usar bigode, seja por ser já um hábito de muitos anos ou seja para marcar a diferença, e a verdade é que há muitas mulheres que suspiram ao ver um belo bigode.

No entanto, o facto de usar bigode implica uma série de cuidados necessários para mantê-lo sempre bem apresentável. Certamente que ninguém gosta de ver um bigode descuidado, e por isso se não estiver disposto a cuidar do seu bigode então talvez seja melhor deixar de usar ou não começar sequer a usar.

O homem que usa bigode deve ter brio e orgulho em usá-lo e para isso deve decidir que tipo de bigode gosta (mais curto ou mais comprido, com mais ou menos volume, etc.) e depois deve mantê-lo sempre bem aparado.

Deixo-lhe aqui algumas dicas que pode seguir na altura de aparar o seu bigode:

- Passe um pouco de água no bigode de forma a humedecer os pêlos e a torná-los mais maneáveis.

- Penteie o bigode para baixo para alinhar os pêlos, e em seguida corte as beiradas e a parte inferior pela medida que achar mais conveniente.

- Apare o volume do bigode por igual. Para isso pode comprar um aparador de rosto, que entre outras funções também servirá na perfeição para aparar o volume do seu bigode. Existem aparadores de rosto que trazem vários acessórios que permitem aparar a barba, o cabelo, o bigode, a linha das patilhas e da nuca, entre outros, e por isso é um aparelho que dá sempre jeito.

- Após aparar o volume, corte os pêlos errantes que normalmente teimam em sobressair, e de seguida raspe a parte superior do bigode até à linha que achar que é ideal para si. Faça isto com muito cuidado uma vez que se raspar demais depois não há volta a dar.

- Por último penteie o bigode e está o trabalho concluído. O seu bigode estará novamente cuidado e apresentável por mais uns dias.

Esta tarefa deve ser efectuada sempre que achar que os pêlos já estão demasiados grandes e/ou volumosos para o seu gosto. Um bigode implica uma “carga de trabalhos” e por isso usar bigode não é para qualquer um.


Carlos Vieira

Título: Como aparar o bigode

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 64

797 

Imagem por: Tweek

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    10-09-2014 às 04:04:11

    Gostei muito de saber como aparar o bigode. Valeu pelas dicas que foram excelentes para mim.

    ¬ Responder

Comentários - Como aparar o bigode

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Tweek

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios