Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A Arte Em Portugal

A Arte Em Portugal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
A Arte Em Portugal

O estilo românico surgiu tardiamente em Portugal, nos fins da Idade Média do Seculo XI, e foi concretamente, associada à ordem religiosa de Cluny.

Contudo, a sua difusão foi um pouco travada pela Reconquista cristâ, e, por isso, existe uma maior concentração de edifícios românicos no norte e centro do país. Os maiores vestígios encontram-se ainda hoje em pequenas igrejas, inseridas no mundo rural. No entanto, deles também fazem parte as Sés de Braga, Porto e Lisboa.

O ùltimo exemplar da arquitetura românica, que chegou aos nossos dias foi o Domus Municipalis, em Bragança. No que diz respeito à arquitetutra militar, existem ainda vestígios de estilo românico em várias construções como, por exemplo, os castelos de Guimarâes e Almourol.

A Sé velha de Coimbra, remonta ao século XII, apresentando um corpo central avançado, com um portal de muiltiplas arquivoltas. Tem um aspeto de fortaleza, com poucas janelas, que revela a instabilidade que o país vivia, durante a Reconquista.

Neste contexto, a igreja, foi pensada para servir como um espaço de defesa, em caso de invasão.
O Castelo de Almourol, do mesmo século, foi edificado numa pequena ilha, no meio do rio Tejo.
Tornou-se assim, um ponto crucial para a defesa da região e para o controlo da navegação no rio.

A partir do século XIII, começou a impor-se o estilo gótico, que se expandiu mais no centro do que n sul, por oposição ao românico. O primeiro exemplar do estilo gótico é o Mosteiro de alcobaça, da ordem de Cister, mandado construir pelo primeiro rei, D.Afonso Henriques.

Nesta época, as cidades ainda não tinham sido enriquecidas pelo comércio e pelo artesanato, a fim de poderem erguer mosteiros de grandes dimensões. No entanto, foram construídos edifícios de alguma dimensão, como a Sé de Évora ou o Mosteiro de Alcobaça e a Batalha.

As esculturas retratavam a fé e religião da Idade Mèdia, marcada por uma profunda religiosidade. A Fonte das Figueiras, em Santarém é um dos raros exemplares existentes da arquitetura civil gótica.

Foi construída tammbém no século XIV, para facilitar o abastecimento de água à população.
Todos os monumentos da Idade Média retratavam a religião, marcada por um profundo recolhimento, fé e o poder dos mnges.

Como tal, as igrejas tinham pouca luz, para permitir um maior recolhimento interior, não só dos monges, mas também das outras pessoas.


Teresa Maria Batista Gil

Título: A Arte Em Portugal

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Comentários - A Arte Em Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios