Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Lingerie: sinta-se sexy

Lingerie: sinta-se sexy

Categoria: Vestuário
Visitas: 4
Comentários: 2
Lingerie: sinta-se sexy

Toda a mulher gosta de usar lingerie bonita e sexy que desperte e chama a atenção do marido, ou se não for o caso, do namorado. Na hora de comprar uma peça tão intima dá-se extrema importância a todos os pormenores! Às rendas, aos adornos, às fitas, ao padrão e à cor!

Para quem não tem paciência para fazer umas comprinhas, pode mesmo parecer mesquinho, mas para aquelas mulheres que adoram perder-se no shopping faz todo o sentido! São estes pormenores que vão recompor e preencher o aspecto da lingerie e que são fundamentais para escolher entre tantas peças, aquela que vai fazer parte do seu vestuário.

Se você é daquelas que sente um pouquinho de inveja daquela lingerie vermelha super sexy que a sua amiga acabou de comprar, mas que você não tem coragem de usar, não se preocupe! Acima de tudo deve sentir-se bem! Pois imagine que está pronta a entrar em acção com o seu namorado e não se sente cem por cento confiante com o que está usando!

Pois é, vai acabar por ficar desconfortável no momento e um pouco envergonhada. Se não gosta de lingerie demasiado ousada então opte por exemplo, por uma em seda de cor preta, que também é super irresistível e fica sempre bem. O ideal é escolher algo que a faça sentir atraente, desejada, irresistível mas que acima de tudo a faça sentir bem!

Agora, para aquelas meninas que gostam de comprar e “devorar” este tipo de roupa interior, fiquem a saber que se tiverem à "mão", nada mais nada menos que 22.000.00€ têm a possibilidade de comprar a lingerie mais cara do mundo, feita a partir de 252 diamantes de várias qualidades e sem qualquer vestígio de tecido. Esta fenomenal lingerie foi apresentada ao público no corpo da modelo Moly Sims, para quem não sabe a modelo é conhecida por interpretar Delina Deline na série Las Vegas.

Para quem não pode passar sem um soutien vermelho, por 12.000.00€ pode comprar o soutien mais caro do mundo, o Red Hot Fantasy. Criado em 2002 pela marca Victoria's Secret é feito de seda vermelha com adornos de 1300 pedras preciosas. Foi apresentado ao público no corpo da Gisele Bundchen.

Ficou com inveja, não foi?


Rua Direita

Título: Lingerie: sinta-se sexy

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

811 

Imagem por: Click O Momento

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:54:04

    Um item que não pode faltar na vida de uma mulher casada são as lingeries. Seja de cor vermelha, com bichinhos, de cores variadas, com modelos bem mais ousados, enfim, invista na lingerie de vez em quando para com seu marido. Vale a pena!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 16:04:33

    Apesar de, quando inquiridas sobre o assunto, quase todas as mulheres referirem que é importante usar lingerie atraente, a verdade é que muitas não investem nestas peças de vestuário íntimo, uma vez que, como ninguém irá ver, preferem investir na roupa. Considero esta posição errada. De facto, se estivermos a usar roupa interior velha ou que já está larga, provavelmente não nos sentiremos completamente bem na nossa pele, o que é essencial no dia-a-dia.

    ¬ Responder

Comentários - Lingerie: sinta-se sexy

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: Click O Momento

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios