Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Cuidados com a panela de pressão

Cuidados com a panela de pressão

Visitas: 6
Cuidados com a panela de pressão

A panela de pressão é muito utilizada na cozinha devido a oferecer grandes vantagens. Por um lado torna-se mais económica porque é muito mais rápida poupando luz ou gás. No entanto é necessário ter cuidados específicos com ela desde a sua compra, ao seu uso, limpeza e arrumação.

Deve em primeiro lugar comprar-se numa loja com depósitos conceituados e verificar se tem selo. Algumas lojas não têm garantias de procedência o que não permite verificar a sua proveniência. Este pormenor é deveras importante para a garantia da panela de pressão.

Esta é uma panela diferente das outras porque permite cozinhar os alimentos três vezes mais rápido. Isto porque a temperatura sobe para 120 graus centígrados devido ao vapor que se vai acumulando e fica maior do que a pressão atmosférica. Tem uma tampa especial toda vedada com uma borracha e contêm uma válvula com um apito que faz muito barulho e solta o vapor da água. È muito importante ouvir sempre se ele roda e faz barulho pois é este o sinal de que tudo está bem. Se ele parar de rodar ou fizer silêncio é porque está entupido com os alimentos. Para evitar que ele entupa deve colocar-se apenas 65% da sua capacidade, Ou seja convêm respeitar o sinal de medição que tem no interior da panela e nunca exceder com água ou alimentos. È esta válvula que controla a pressão dentro da panela de modo que quando algo está mal ela pára. Para garantir maior segurança existe outra válvula que normalmente está na tampa, debaixo do cabo ou nas bordas da panela. Se por acaso a central falhar, a outra abre para evitar que a panela provoque explosão. Este é o seu maior perigo se não se respeitarem as normas.

Assim para um correcto funcionamento não se deve mexer no apito quando está a rodar e logo que ele comece a fazer barulho deve baixar-se o lume do fogão. Se por acaso o apito parar deve desligar-se e deixar esfriar. A válvula deve ser sempre bem lavada para não entupir, em especial os orifícios e o pino.

Depois dos alimentos cozinhados deve retirar-se a panela e deixar sair o vapor sem abrir. Depois rodar lentamente a tampa devagar para não saltar e abrir já sem pressão.

A borracha da tampa deve ser lavada á parte, não deve ser guardada nela para não perder a elasticidade e ficar com falha.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Cuidados com a panela de pressão

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 6

789 

Imagem por: FotoosVanRobin

Comentários - Cuidados com a panela de pressão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: FotoosVanRobin

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios