Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Europa medieval e atual

Europa medieval e atual

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 4
Comentários: 4
Europa medieval e atual

A sociedade europeia apresenta hoje algumas diferenças em relação à anterior.
Mas apesar da evolução que conheceu até aos nossos dias, há coisas que mantêm ainda sem grande progresso.

O aspeto mais importante prende-se com o papel da religião na sociedade.

Atualmente na maior parte das sociedades, a religião é apenas seguida por uma parte da população nas suas normas e valores, e dentro do cristianismo existem várias tendências.
Para além deste, existem outras religiões, praticadas por diferentes zonas do mundo, como a ìndia e países islâmicos.

Na idade Média não havia o conceito de pertencer à economia europeia, mas sim de pertencer à cristandade, ou seja, ser cristão e obediente às regras emitidas a partir do Papa d, de Roma.

A cultura sempre foi influenciada pela igreja, pois quase todos os conhecimentos decorriam do imperativo religioso, e, com a firme ideia de que o ser humano e o mundo eram reflexo da vontade de Deus.

Esta é uma época em que havia muito analfabetismo, aliás, esmagador, e só o clero, dominava as técnicas da escrita e da leitura, bem como o conhecimento da Bíblia e de outras obras.

Só ele conhecia a língua latina, na qual todas as obras eram escritas.
O homem era muitto limitado, supersticioso e com fraquíssimos conheciments científicos.Este quadro, limitava muito a visão do homem e a relação do mundo que o rodeava.

Atualmente a forma de riqueza da Europa está baseada na produção industrial, os serviços e tecnologias mais avançadas, e a riqueza avalia-se pelo dinheiro.
Pelo oposto, na Idade Média, a agricultura e pecuária eram a base económica da sociedade.
Os eios de transporte eram rudimentares tal como as técnicas agrícolas e as estradas eram práticamente inexistentes.

Havia ainda o medo, gerado pelos ataques dos piratas, no caso das viagens marítimas ou dos salteadores que se deslocavam por terra.
A maioria das pessoas não saía do local onde nacia, e aí vivia e morria sem se afastar mais do que alguns quilómetros, em relação ao seu local de origem.
Os locais que outros visitava eram os religiosos, como Santiago de Compostela, Jerusalém e a terra Santa.

Atualmente já há autoestradas, automóveis, comboios, barcos e aviões, que permite que as pessoas se desloquem para outros países.

Na Idade Média viviam em grupos sociais e a mobilidade social era muito reduzida.
O único meio para se melhorar de vida era a entrada de jovens humildes para o clero, que permitia melhorar de estatuto.

Hoje a educação dos jovens permite-lhes entrar na escola e universidades, de acordo com as respetivas capacidades.

Deste modo, tudo isto tem a ver com o domínio de uns em relação aos outros, na qual uns nasciam para governar e dominar e outros para obedecer.
Estas regras de domínio e poder eram estabelecidas por eles próprios, e, que supostamente refletiam a vontade divina.

O mais incrível é que nem sequer se podiam escolher os governantes, como hoje.
Hoje a Europa orgulha-se de ser democrática porque os cidadãos os podem escolher, mas, apesar disso, o domínio, poder e submissão continuam, quase como na idade Média. O pior é que ninguém se dá conta, deste fato, que apenas muda de nome, embora continue o medo, o domínio, o poder e a religião adaptada ao mesmo.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Europa medieval e atual

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 4

786 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    31-07-2014 às 05:59:06

    São dois cenários bem diferentes mesmo. A Europa medieval tinha mais crenças, foram os primeiros a conhecerem o evangelho e hoje, ela está tão distante e mais centrada na riqueza e coisas materiais. Um dos problemas disso foi o erro dos pais não repassarem a fé para os filhos, assim, as gerações tiveram consequências muito ruins. Pode-se ver na Europa atual com toda a sua dificuldade e crise.

    ¬ Responder
  • maria eduarda

    21-02-2013 às 06:34:05

    Aqui nao quer falar muito sobre a europa medieval e a europa atual eu nao gostei muito nao mais vale qualquer coisa para ganhar uma nota

    ¬ Responder
  • pedro

    17-02-2013 às 20:21:14

    amei ponha outros

    ¬ Responder
  • pedro

    17-02-2013 às 20:20:27

    booossstaaa

    ¬ Responder

Comentários - Europa medieval e atual

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios