Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Dicas para o casamento não entrar em rotina

Dicas para o casamento não entrar em rotina

Categoria: Outros
Comentários: 2
Dicas para o casamento não entrar em rotina

Sempre que se fala em rotina, estabelece-se uma relação negativa com a palavra como algo terrível, que não devesse jamais ocorrer. Entretanto, ao observarmos a vida, percebemos que ela é parte intrínseca e importante para qualquer ser. Atividades diárias como alimentação, repouso, trabalho e estudo, precisam de uma programação para funcionar. Querendo ou não, é imperioso cumprir horários e seguir roteiros, pois disso depende nossa segurança. Até mesmo nosso organismo obedece a um roteiro.
Todos os ciclos vitais, como sono, respiração, digestão e pulso, precisam operar com regularidade para garantir a saúde.

Então, vê a rotina como algo prejudicial é um engano, e tentar desestabilizá-la, trará complicações à própria vida. Necessitamos não acabar com a rotina, mas garantir que tenha equilíbrio e que seja saudável. Além da segurança, haverá harmonia e bem-estar.

Nos relacionamentos não é diferente. A rotina é necessária e será bem vinda para o equilíbrio do casal, se houver respeito, honestidade, amor, sensibilidade e bom humor.
O que deve e precisa ser evitada é a regularidade do estresse, das intrigas, dos desentendimentos, da falta de respeito ao espaço alheio. Se o dia-a-dia está se tornando cansativo para os dois, é porque a rotina que se vive é opressora. É hora de parar e avaliar o que está faltando ou excedendo, e reajustar as relações com o parceiro.

Reflexões e ajustes são sempre caminhos para a saída. Compreender como está a intimidade, os contatos sociais, a emotividade do casal, a vida financeira, os momentos de lazer, as decisões objetivas e subjetivas, o relacionamento com os filhos, se os tiver. Trocar de tarefas com o parceiro, equilibrar responsabilidades, partilhar receios e dificuldades, buscar soluções em conjunto, conhecer profundamente um ao outro é ponto de partida para buscar as transformações necessárias para retirar da rotina o estresse, para ser capaz de reinventar o cotidiano, e torná-lo prazeroso, com pitadas de novidades, arroubos de surpresas e sabor de aventura, como se cada gesto, contato ou atividade que se repete acontecesse pela primeira vez.

Considere que se há problema real, ele não está na rotina que se vive, mas no relacionamento. Não há diversidade que cure uma relação recalcada de feridas e cicatrizes. Mudanças profundas precisam acontecer no convívio, não apenas nos afazeres diários.

Você não pode fugir para sempre da rotina, mas pode dosá-la com muito amor. Acredite: isto fará toda a diferença.


Hediene

Título: Dicas para o casamento não entrar em rotina

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 0

692 

Imagem por: izzie_whizzie

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • sula

    21-11-2017 às 13:59:05

    oi bom dia! estou casada a oito meses des o comesso meu esposo e frio não me dar carinhos não me beija na boca e guando dar e um Celinho por que cobro dele!nunca me elogiaa e se sai comigo não pode passar uma mulher que ele não para de admira-la me disse um diaa que eu não tenho nada que ele procurava mais tenho tudo que ele precisa.na intimidades sou eu que tenho que ter iniciativas ele nunca toca meu corpo ou admira!mais admira mulher piriguetes que anda guase pelada e meninas novas eu tenho 40 mais me cuido tenho 1metro e 59 de altuta peso 53 kilos ele tem 52 anos mais não me passa segurança em momento algum que me ama!me ajude entender esse homem por favor?

    ¬ Responder
  • giani rosa dias pareiragiani rosa dias pareira

    25-10-2011 às 19:28:00

    Morro c/ minha sogra dormimos no mesmo quarto e estamos casados a 3 mêses e ja estamos em crise; não fazemos nada e quando estamos sozinhos também não acontece nada;a maioria das vezes o que faço me ajude!!!

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para o casamento não entrar em rotina

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: izzie_whizzie

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios