Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Festa

A Festa

Categoria: Outros
A Festa

Em 2016 haverá eleições e claramente que, você (Ou senhor), deve estar se perguntando em quem votar - Ou, em quem acreditar e, por isso estou pronto para dizer o que penso em relação há essas corjas , mas, antes apresentarei aqui nossos sanguessugas a quem, por obrigação, devemos votar sem falar o que pensamos a respeito, porém, nos próximos paragrafos sobre quem eu votaria se a eleição fosse hoje e em quem não votaria.


A super digníssima, Marta Suplicy que vêm há algum tempo se mostrando uma pessoa verdadeira pelo fato dela ter abandonado o Partido dos Trabalhadores devido à sua deteriorização por dentro que começa à partir do início das investigações da Lava-Jato que nada mais foi e, como anda está sendo a grande maestria de Dilma Rousseff, no decorrer de seu governo fazendo às máscaras de grande e esmeros políticos perderem suas máscaras - De grande maioria pestistas, como Lula e vários outros a quem pensávamos ter deixado em boas mãos, porém eles acabaram sugando toda nossa riqueza tão consagrada pelo nosso suor.


O meu segundo candidato é o jornalista José Luiz Datena, pois com o seu programa telejornalístico não deixa de representar a todos nós com sua opinião, já como toda a população brasileira não aguenta mais o fato da falta da água e da falta de seguranças nas ruas coibindo com maior rigor esses menores infratores e os grandes que fazem de sua lábia uma arma de manipulação, pois, na verdade todos eles são quase como sanguessugas políticos, embora a única diferença é sua classe social.

Sem, deixar de falar aqui também na Pena de Morte que foi o diferencial que o fez subir em meus quisitos conceituais, mas têm alguns pontos da Pena que não concordo, mas vamos deixar esse assunto para o próximo artigo.
Por isso paira a dúvida em cima de nossas cabeças que é: Em quem votar? Já que ao pensar na consequencia de não votar é de nunca mais poder arrumar um emprego. Mas também não penso na possibiidade de votar em branco ou anular já que, se não me engano, os votos nulos e em brancos beneficiária quem já está lá.


Podemos concluir então que a melhor seria votar em Marta por tudo que ela já havia feito pelo nosso estado quando assumiu a prefeitura já uma vez, porém, ela abandonar o PT se uniu ao PMDB que é o mesmo partido de Eduardo Cunha acusado de tantas e tamanhas patifarias e devido a isso não a elegeria, pois a sigla partidária é a mesma que a do Vice-Presidente que junto ao aliado Eduardo Cunha paralisaria as investigações para que permanecessemos cegos, surdos e mudos, sem deixar de também falar que Fernando Henrique fora alvo de investigações e denúncias em seu governo, e PMDB e PSDB são da mesma base que vai contra a toda a investigações.


Se eu, Kaká Machadinho, pudesse escolher um presidente a altura do país, claro que escolheria o juíz Sérgio Moro devido ao requinte de seu explêndido trabalho a frente das investigações, por fim, aqui termino e sem ter o poder aquisitivo de lhe direcionar, embora os fatos dos acontecimentos em relação há cada candidato esteja bem exposto.


Kaique Barros

Título: A Festa

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - A Festa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios