Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Dicas - Plante o seu jardim

Dicas - Plante o seu jardim

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Comentários: 1
Dicas - Plante o seu jardim

Para plantar o seu jardim sem problema siga os seguintes passos:

- Escolha o relvado adequado para o tipo de terreno.

- Escolha a variedade correta de relvado para a sua área. Consoante o clima que faz na sua área deve escolher as espécies que se dão nele.

- Não compre sementes de relvado, se forem de dez meses ou mais após a sua data de teste. A idade pode afetar sua taxa de germinação.

- Escolha uma boa semente. Sementes de qualidade são importantes.

- Plante no momento certo. O outono é a época certa na maioria das zonas. A primavera em alguns lugares é melhor que o outono. Verifique os conselhos para a sua zona.

- Prepare o solo para lavrá-lo com uma enxada ou pá de jardim até que os pedaços de terra não sejam maiores do que uma bola de golfe. Remover detritos como galhos e pedras. Nível as áreas onde o excesso de água pode coletar. Em seguida, espalhe um pouco de fertilizante de arranque.

- Não espalhar herbicida, ele vai matar o seu relvado, também!

- Dependendo do tipo de relvado que você está plantando, polvilhe seis a 20 sementes por polegada quadrada, com a mão ou com um espalhador de relvado. Para áreas grandes, use um semeador mecânico.

- Planta num dia em que não esteja vento. Caso contrário, as sementes irão voar com o vento.

- Cubra com o ancinho levemente as sementes e fertilizantes para que tudo fique coberto com cerca de um oitavo de polegada de solo.

- Para pressionar as sementes na terra, passar por cima do solo com um rolo de relvado vazio (não encher com água ou areia). Você pode alugar um numa loja em vez de comprar só para este propósito.

- Mantenha o solo húmido.

- Durante quatro semanas, deite água no seu relvado por 10 minutos, duas ou três vezes por dia.

Um relvado bonito dará algum trabalho, mas o resultado final será compensador. Todos quererão jogar futebol fazer jogos e brincadeiras e muitos, muitos churrascos. No verão poderá apanhar sol no seu relvado, saber que é você o responsável por ele e ficar muito orgulhoso disso!


Rua Direita

Título: Dicas - Plante o seu jardim

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

613 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 13:52:55

    Gostei muito das dicas para plantar o jardim. Tenho uma enorme vontade de fazer um jardim com as flores que aprecio, mas penso ser tão caras. Espero que consiga plantar!

    ¬ Responder

Comentários - Dicas - Plante o seu jardim

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios