Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Maquilhagem que trata a pele

Maquilhagem que trata a pele

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Maquilhagem que trata a pele

Atualmente o mercado dispõe de maquilhagem cada vez mais sofisticada e rica, permitindo, além de realçar a pele e beleza, tratá-la.

É o caso, por exemplo dos batons protetores e as bases hidratantes, que se aplicam a quem tem uma pele seca, muito seca ou sensível.

Agora surgem também os blushes que controlam o briho e sombras super hidratantes, que amaciam as pálpebras.

Quem tem a pele irritada ou muito sensível, é recomendado que a sua base não contenha perfume e seja sempre antialérgica.

Para as peles mistas e oleosas existem as bases que controlam o briho da oleosidade, bem como reafirmantes que permitem aumentar os níveis de colagénio e de elastina.
Com a aplicação diária destes produtos, a pele fica com mais elasticidade e previne a sensação de pele repuxada.

A maior inovação está pois, nas fómulas mais sofisticadas, como por exemplo, polímetros especiais que libertam agentes hidratantes, no local que a pele necessita. Os ingredientes que estes contêm são aloé vera, que acalma a pele hirritada, arandos, bétula, azeite de baobá e vitaminas A, e e F, que são antioxidantes, complexos minerais e protetor solar, de indice 15.

Alguns contêm ainda agentes reafirmantes para aumentar os níveis de colagénio, complexos vegetais, ácido hialurónico, que é hidratante e ainda pigmentos multirefletores, que uniformizam o tom de pele e disfarçam as imperfeições.

Os blushes, deixaram de dar únicamente outra cor e permitem agora ilumivnar o rosto, suavizar a cútis e evitar o brilho em demasia. Por outro lado, incorporam já fórmulas sedosas e eficientes para iluminar o rosto.

As máscaras têm a função de alongar as pestanas, fortalecem e nutrem, através de ingredientes concentrados, como os polímetros e vitaminas.

Os polímetros da nova geração, contêm cera de abelha, farelo de arroz e micropérolas ,que se repartem pelas pestanas, para as separar e tornar mais espessas.

No que diz respeito ás sombras, contêm fórmulas muito delicadas e , cujas fórmulas oferecem cores variadas e com fixação homogénia de longa duração (cerca de oito horas), que evitam o ressecamento da pele.

Para melhor fixar a cor, contêm uma elevada concentração de micropós , polímetros e esferas que aderem ao máximo à pálpebra. Além disso já incluem proteínas de seda, hidratante e fitoescoleno, com uma excelente ação protetora.

Os batons são também inovadores, contendo microesferas desidratadas que dilatam ao entrar em contato da pele, com o objetivo de eencher as rugas. Os óleos de jojoba, girassol, amêndoas doces ceras vegetais soja, vitamina A e E, reforçam e reestruturam a barreira cutânea e dão elasticidade. Estão também já são protegidos com fator de proteção e cheiros de cítricos.
Os novos batons, procuram tratar a pele em profundidade, devolvendo-lhe hidratação e brilho.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Maquilhagem que trata a pele

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoTeresa Maria Batista Gil

    02-08-2012 às 14:29:37

    Longe vão os tempos em que a maquilhagem no rosto, dava um ar pesado, pouco natural e sem o glamour e requinte da atual.Os seus componentes não eram tão ricos em nutrientes.A indústri cosmética atual fabrica os melhores cosméticos desde a base de maquilhagem, batons, sombras, blush e pós, bastando aplicar, para ao mesmo tempo tratar a pele das suas imperfeições. Todas incluem princípios hidratantes e protetoras.Finalmente surgem os batons protetores, as sombras ultra hidratantes e coloridas, os blushs que controlam o brilho intenso e as bases hidratantes que não secam a pele. Até as peles sensíveis podem usar.Os novos blushes incorparam já fórmulas muito sedosas e delicadas para todos os rostos, inclusive os jovens. Além disso são muito eficientes na hora de iluminar o rosto e dar cor.A Yves Saint Laurent, por exemplo, cria uma textura bastante luxuosa, nos seus cosméticos, inclusive nos blushs, que podem ser usados tanto nas maçãs do rosto como nos olhos, ficando magníficos.A maior inovação, nos produtos de maquilhagem está com efeito, nas suas fórmulas sofisticadas que incluem polímeros especiais que libertam agentes hidratantes quando e onde a pele necessita substituindo o creme hidratante.As vitaminas A;C;F, que as bases contêm, são antioxidantes e contribuem muito para evitar o envelhecimento da pele antes da idade. São um auxiliar precioso anti-idade e servem ainda como anti- rugas e regeneradoras.Sabia que as bases de maquilhagem atuais podem melhorar em até 80% a hidratação da pele?.E ainda que são indicadas para peles muito secas, secas e sensíveis?. Isto não era possível com as anteriores.Os novos batons já não secam e estragam os lábios. Para além de colorirem, procuram tratar a pele dos mesmos em profundidade, devolvendo os seus níveis naturais de hidratação e brilho.Com efeito, os batons atuais contêm microesferas desidratadas que dilatam ao entrar em contato com a humidade da pele, com o objetivo de preencher as rugas. Os óleos de jojoba e girassol dão elasticidade.As máscaras de pestanas contribuem para um olhar mais bonito. Além do mais alongam, fortalecem e nutrem, através dos seus ingredientes concentrados, em vitaminas e polímeros. Proporcionam também mais curvatura e alongamento.

    ¬ Responder

Comentários - Maquilhagem que trata a pele

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios