Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > Os Restaurantes mais Caricatos do Mundo

Os Restaurantes mais Caricatos do Mundo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Comentários: 2
Os Restaurantes mais Caricatos do Mundo

Já todos nós passámos por situações hilariantes em restaurantes. Ou o prato solicitado não corresponde ao que esperávamos, ou o empregado de mesa não esboça o mínimo sorriso deixando adivinhar que não tem dentes.

Enquanto frequentadores (assíduos ou não) de restaurantes, sabemos apreciar um bom vinho, uma boa comida e um bom serviço. A experiência permite-nos avaliar positivamente ou não, um local para desfrutar de uma boa refeição, sozinho ou acompanhado.

Com toda a certeza já ouviu falar, ou de forma mais lamentável já lhe aconteceu, o comer estar demasiado gorduroso, salgado, queimado, enfim intragável. Também já teve a sensação de comer pouco e mal e pagar muito, certo? Se acha que todas estas sensações não se justificam nos dias que correm perante a oferta imensa e os conhecimentos que os mais comuns têm sobre o bem servir, não deixe de ler o que vem a seguir. Aposto que vai ficar impressionado.

Para oferecer uma fuga à rotina dos restaurantes tradicionais, um apaixonado por tecnologias criou três empregados de mesa computorizados. Leu bem, sim senhor. São três robots que servem às mesas e jura o dono do restaurante, não existe qualquer desastre no atendimento.

Na Noruega, não se trata de gastronomia, mas houve quem quisesse ser bem original e criou um bar de gelo. As bebidas são servidas em copos normais, mas num balcão de gelo total.

Se gosta de jantar ao ar livre e com bonitas vistas, imagine só o que inventaram os europeus Belgas – Um restaurante elevatório com capacidade para 50 pessoas. O restaurante onde se vai sentar e ficar com as pernas no ar, anda em digressão pelo mundo e tem feito um enorme sucesso.

Nos Estados Unidos da América, o Sushi é servido em corpos de mulheres. Imagine se a moda pega?

No Canadá a poupança de energia é o mote. O restaurante tem as luzes completamente apagadas e os empregados usam óculos de visão noturna. Diz-se também que alguns dos empregados são cegos.

Se é um amante da água e das buscas submarinas, pode optar por uma refeição debaixo de água, sem sequer se precisar molhar. Numa verdadeira redoma de vidro (que na realidade é acrílico), vai ficar sentado com uma das vistas mais extraordinárias do mundo – os Corais e os peixes. Este restaurante encontra-se nas Maldivas.

Se acha que já demos a volta ao mundo, engana-se. Falta o sítio mais perto de todos. Em Portugal existe um restaurante em que os clientes se sentam em sanitas. E os guardanapos? É verdade, é papel higiénico. Admirado? Visite o local, vai ver o quanto agradável é.


Carla Horta

Título: Os Restaurantes mais Caricatos do Mundo

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

777 

Imagem por: ahisgett

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    15-09-2014 às 22:22:10

    Achei tudo bem interessante e estes restaurantes exóticos só nos atrai para conhecer! Adoraria experimentar este que fica no fundo das águas, parece ser uma experiência que vale a pena!

    ¬ Responder
  • RodriguesRodrigues

    04-07-2012 às 20:28:23

    O menina não cocheses o bar do gelo em viseu!!! E la é tudo em gelo até os copos!!!! Fica no palacio do gelo viseu.

    ¬ Responder

Comentários - Os Restaurantes mais Caricatos do Mundo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: ahisgett

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios