Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > Rodízio à Brasileira … em Portugal

Rodízio à Brasileira … em Portugal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Comentários: 1
Rodízio à Brasileira … em Portugal

O Brasil é um país de sol, calor, animação e muitas outras coisas boas. Do outro lado do atlântico, conseguimos ter a perceção de tudo o que o Brasil tem para nos oferecer.

Ora se Caetano Veloso e Jorge Amado fizeram (e ainda fazem) as delícias de quem assiste e ouve as obras por eles oferecidas, o Brasil tem ainda mais coisas deliciosas para oferecer. A gastronomia Brasileira tem um mundo de coisas boas para nos dar.

Espalhado por esse Portugal inteiro, estão grandes lugares onde podemos gozar ao máximo um dos típicos comeres Brasileiros. Os restaurantes de Rodízio à Brasileira. Este lugares tão particulares oferecem-nos manjares dos Deuses, passando pelas entradas, aos pratos principais recheados de variedades mil de carnes grelhadas, e por fim, docinhos tradicionais puramente deliciosos. Vamos então às descrições mais saborosas.

Entramos num destes característicos restaurantes e somos invadidos por um som de fundo bem ao jeito do Brasil. Ana Carolina, Gilberto Gil, Maria Bethânia ou Elba Ramalho. O som fica-nos no ouvido e verdade se diga que o apetite abre tal caixa de Pandora, para os buffets que já avistamos.

Somos, depois desta entrada tão fantástica, interrompidos por um empregado que nos oferece uma caipirinha. Bem fresca e ao jeito Brasileiro, o apetite fica ainda mais aberto.

Segue-se o já falado buffet. Pão de queijo, ou no forno com fiambre e queijo derretido, mais uma extraordinária oferta de saladas, frutos e chouriça assada. O pão é delicioso e inacreditavelmente estaladiço. De encher o prato.

Segue-se a oferta de carnes. Em espetos e distribuídos por funcionários incansáveis que correm de mesa em mesa. Maminha, picanha, perninha de frango, salsicha toscana e cupim. Existem muitas mais variedades e todas elas são distribuídas de forma alternada. Esta distribuição parece estudada, pois o desfrute de cada tipo de carne consegue ser feito com todo o prazer e exatidão.

A banana frita e o ananás asseguram que o tempero (só sal) das carnes seja ainda mais apetecível. Já agora, peça para colocar um pouco de canela no ananás. Vai ver que o sabor é de chorar por mais. Batas fritas e arroz com feijão acompanham este manjar. Para regar, opte por uma sangria branca.

Quando terminar e se conseguir comer mais um bocadinho, prove os docinhos tradicionais. Verdadeiros manjares dos Deuses. Se ainda não aderiu aos restaurantes de Rodízio, acredite que está a perder uma das melhores refeições da sua vida.


Carla Horta

Título: Rodízio à Brasileira … em Portugal

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

716 

Imagem por: arnold | inuyaki

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    16-09-2014 às 05:09:22

    A culinária brasileira é bem diversificada e com um tempero bem forte! Quem ainda não provou as suas delícias, precisa conhecer saboreando um de seus pratos. Amo muito a comida brasileira.

    ¬ Responder

Comentários - Rodízio à Brasileira … em Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: arnold | inuyaki

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios