Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Jogo da Vida.

O Jogo da Vida.

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
O Jogo da Vida.

Segundo a sociedade em que estamos inseridos,a vida é um jogo. Um jogo em que os mais fortes comem os mais fracos. De facto, na lei da natureza e na lei dos animais isso é uma verdade. No entanto, na sociedade humana não devia ser assim porque não somos animais, nem somos plantas. Somos pessoas que aprendemos desde cedo a viver em sociedade. Temos um cérebro para pensar. Sim é verdade. Mas infelizmente a sociedade está de uma maneira em que apenas os mais fortes têm direito a melhores opções. E por que? Porque jogam com a vida. Com a vida deles e com a vida dos outros.

Para ganharem neste jogo muitas pessoas fingem ser aquilo que não são,mentem,enganam,roubam.Conhece alguém assim? Eu também. Na minha opinião são pessoas sem escrúpulos, egoístas, más, que não olham a meios para atingir os seus fins. Não se importam de prejudicar amigos só para se sobreporem nesta sociedade como pessoas aparente importantes. Eu não gosto de pessoas assim.

Eu não sou assim. Gosto de ter as minhas opiniões sem ter de rebaixar ou prejudicar os outros. Sei que se for frontal e totalmente sincera posso prejudicar-me a mim própria mas não me importo. Para mim, a honra é muito mais importante do que tudo isso. Se sou assim posso agradecer aos meus pais a educação que me deram. Pois, mesmo discordando de algumas coisas, sei que tudo o que me ensinaram foi para meu bem. E tenho orgulho disso.
Apesar disso há quem não concorde comigo. Mas eu não nasci para agradar a toda a gente. Nasci apenas para ser feliz e deixar a minha marca nesta sociedade por vezes inútil aos meus olhos.

Agora deve estar a perguntar-se: E tu não jogas nesta vida? Claro que inevitavelmente tenho que jogar, mas não com a finalidade de prejudicar os outros, ou de quebrar as regras sociais. Jogo apenas para me defender. Para me defender de certas pessoas. Essas sim que à primeira oportunidade dão uma dentada. Quando é só uma dentada não faz mal porque são vistos por todos, criticados e condenados. O pior são aqueles com pele de ovelha, mas que por dentro são ferozes e maus. Subtilmente devoram mais um sem se dar por isso. É por esse mesmo motivo que o mundo está como está desde que existe mundo.

Jovita Capitão

Título: O Jogo da Vida.

Autor: Jovita Capitão (todos os textos)

Visitas: 0

624 

Comentários - O Jogo da Vida.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios