Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Anfíbios - Curiosidades Parte 1

Anfíbios - Curiosidades Parte 1

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Anfíbios - Curiosidades Parte 1

Os anfíbios na sua grande maioria são seres vivos inofensivos, contudo a pele de algumas espécies pode conter substâncias tóxicas, mas eles não se assemelham às cobras, aranhas ou escorpiões, pois não conseguem infligir essas substâncias tóxicas através de mordeduras ou picadas. Estas substâncias tóxicas somente têm efeito quando algum predador os tenta capturar. Portanto, as substâncias tóxicas que os anfíbios armazenam na pele funcionam como mecanismo de defesa perante os possíveis predadores.

Embora o veneno funcione como defesa, a defesa principal destes seres vivos é a camuflagem. Através da coloração e do desenho da pele, os anfíbios têm uma capacidade muito grande de se esconderem entre o meio circundante sem que ninguém se aperceba da sua presença. Além desta particularidade servir para que eles se escondam dos seus potenciais predadores, ainda evita que estes animais sejam vistos pelas suas presas quando se preparam para as caçar. Existem alguns exemplares de anfíbios que conseguem, além da cor, alterar a sua forma e a textura da pele.

Alguns deles utilizam um disfarce tão bom que chegam a possuir franjas ou pregas na pele que permitem ao seu corpo adquirir uma forma semelhante a folhas ou rochas ou outros elementos do seu meio.





Outras espécies de anfíbios possuem ainda uma forma tão peculiar que a tarefa de serem encontrados pelos predadores se torna ainda mais difícil. Os anfíbios têm uma capacidade muito particular de permanecerem imóveis durante muito tempo o que aumenta ainda mais o sucesso no uso da camuflagem.

Na Ásia existe uma espécie de rã, a rã-pintada, que tem um outro tipo de coloração e tem um comportamento mimético. Esta é uma espécie de rã fossadora e através da sua coloração acastanhada permanece indistinta no solo. Também podem ser encontradas entre os musgos e plantas mortas caídas na floresta.

No início da estação das chuvas, esta espécie vem à superfície, saindo do local onde passaram a maior parte do tempo enterradas para se reproduzirem. Com a pele lisa e húmida e com algumas manchas coloridas, tem um enquadramento perfeito no meio das folhas húmidas, troncos e pequenas pedras alojadas no solo.

O sapo-jaspeado-africano, num fundo acastanhado e irregular, passa completamente despercebido, pois o padrão da sua pele é semelhante a uma casca de árvore própria do seu habitat. Como ele permanece quase imóvel, é impossível distingui-lo se não estivermos atentos à sua presença.

Os anfíbios preferem manter-se escondidos ou completamente imóveis. Embora não sejam perigosos para os seus predadores, que existem em grande número, por não conseguirem morder ou picar, os anfíbios têm substâncias venenosas para os seus predadores que actua quando estes os atacam.
Quando são perturbados por predadores ou outros animais, mas principalmente por aqueles que são ou podem ser perigosos para eles, os anfíbios têm um comportamento espantoso: para conseguirem o tempo suficiente para escapar do predador ou do animal que os incomoda, imitam-no. Desta forma, distraem o predador ou animal perigoso ao ponto de conseguirem ter tempo para fugir dele.

O tritão-de-pintas-americano habita num ambiente terrestre e posteriormente completa o seu desenvolvimento no meio aquático. Este animal habita nesse meio durante dois ou três anos. O tritão-de-pintas-americano possui uma cor vermelha viva que funciona como aviso para os possíveis predadores. As cores vivas, nestes animais, operam como aviso que os outros saibam que eles são perigosamente venenosos, o que nem sempre corresponde à verdade. Por exemplo, a salamandra-vermelha-pintada também possui uma coloração vermelha, mas neste caso funciona apenas como mecanismo de defesa e como um disfarce, pois a salamandra-vermelha-pintada, ao contrário do tritão-de-pintas-americano, é completamente inofensiva, não contendo na sua característica qualquer substância venenosa.

Existem algumas espécies de predadores que já se habituaram ao facto de tentarem evitar animais com determinadas cores como por exemplo, o amarelo vivo, o vermelho vivo, entre outros, e a salamandra-vermelha-pintada acaba por usufruir dos benefícios do tritão-de-pintas-americano devido a este facto.

O tritão-de-pintas-americano é muito comum no leste dos Estados Unidos da América, portanto, nessa zona, a salamandra-vermelha-pintada tem muitas mais hipóteses de escapar aos predadores pois estes já se habituaram à presença do tritão.

A camuflagem dos sapos-ventre-de-fogo é extremamente fiável. É um óptimo mecanismo de defesa e mantém os seus predadores afastados. Este animal é bastante curioso pois possui cores esbatidas para se confundir com o meio, caso contrário não poderia beneficiar da camuflagem, mas ao mesmo tempo também tira partido do medo que os predadores têm das cores vivas, pois se eles arquearem o dorso conseguem exibir uma coloração viva que é sinal de perigo existente na sua face ventral.


Ruben Duarte

Título: Anfíbios - Curiosidades Parte 1

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

711 

Comentários - Anfíbios - Curiosidades Parte 1

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios