Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Milionários Acidentais

Milionários Acidentais

Categoria: Literatura
Milionários Acidentais

«Milionários Acidentais» é um livro de Ben Mezrich, editado em 2010 pela Lua de Papel, que conta a história da criação do Facebook. Ao contrário do que se possa pensar, o Facebook nasceu de um crime praticado por dois génios, estudantes universitários, que buscavam a aceitação social. Um deles, Mark Zuckerberg, procurava ser reconhecido através de tentativas comuns, ditas “normais”; o outro, o seu inseparável amigo Eduardo Saverin, pelo contrário, isolava-se no seu mundo informático.

Um dia, Mark Zuckerberg invadiu os servidores da universidade de Harvard e deste pirateio surgiu a concretização da ideia de criar uma rede social na universidade (a ConnectU). O know-how de Mark foi decisivo e o “embrião” do Facebok estava criado, estendendo-se rapidamente a outras universidades. Era o início de um negócio de milhões, originado a partir de uma ideia genial e de um pequeno crime.

«Milionários Acidentais» é uma narração impressionante do momento mágico do nascimento de uma ideia e descreve a feliz sucessão de acasos que ocasionaram uma das maiores fortunas do mundo (actualmente o Facebook tem uma média de 300 milhões de utilizadores e a empresa está avaliada em 15 mil milhões de dólares).

O sonho de sucesso dos jovens empreendedores parecia estar a materializar-se, mas como «não há bela sem senão», as desavenças começaram e foram abrindo caminho ao que havia de constituir a ruptura total, acabando a sua grande amizade na barra dos tribunais.

O Facebook surgiu da necessidade que os seus autores tinham de conhecer outras pessoas, nomeadamente raparigas. Portanto, a história da criação do Facebook engloba genialidade, sexo, dinheiro e traição. Inicialmente, era quase como um concurso de “misses”, cujas fotos eram colocadas on-line e sujeitas a votações por parte dos colegas. Mark pôde perceber a curiosidade e o interesse que os alunos tinham em saber coisas dos colegas e o conceito da rede social nascida em 2004 foi ganhando forma. Os pedidos de amizade sucederam-se e, em 2006, esta comunidade de amigos na Internet estendeu-se aos quatro cantos do globo, mudando a vida dos seus muitos utilizadores.

A trama de «Milionários Acidentais» desenrola-se, ao longo das suas 232 páginas, com ritmo de thriller e está a ser adaptada para cinema, com produção de Kevin Spacey (produtor de «Beleza Americana»), argumento de Aaron Sorkin (que se destacou no filme «Os Homens do Presidente») e realização de David Fincher (cujo trabalho em «Seven» e «Clube de Combate» foi notável).


Maria Bijóias

Título: Milionários Acidentais

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

626 

Imagem por: boite-en-valise

Comentários - Milionários Acidentais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: boite-en-valise

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios