Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Decidir???

Decidir???

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Comentários: 2
Decidir???

Está nublado, frio e chovendo muito
Estou sozinha, cansada e com medo
Descobri que as pessoas não são seres decididos
E que meu coração está mais partido do que poderia imaginar
Olho as gotas jorrarem do céu e imagino como seria voar...
Um dia no parque é mais do que pensamos
Vejo pessoas e animais
Crianças correndo despreocupadas
E adultos correndo atrás dessas crianças apavorados
Borboletas... Como adoro borboletas
São belas, simples e de uma tranqüilidade singular
O lago está mais cheio? Talvez só esteja menos vazio
Não me importo... Admiro-o da mesma maneira
As serras estão mais verdes apesar da espessa camada de nevoa
Queria poder me sentar no topo de uma seringueira
Observar a chuva cair e se encontrar com o solo
Adoráveis dias em que as pessoas se fecham
E por falar em pessoas...
Ainda me questiono quanto à veracidade de sua existência
Parecem robôs, seres com estímulos friamente calculados
E que ainda insistem em dizer que nós somos os estranhos
Vivem em função de coisas superficiais, mentiras e criações pífias
Compram objetos artificiais e agem como eles... Inanimados
Não gosto que me toquem, nem que se aproximem demais
Meus olhos veem coisas, mas elas são estranhas aos olhos alheios
Vejo claramente os sentimentos, as energias e os corações
Estranho??? Claro que não
Apenas aprendi como não me perder nesse mundo fétido
Asqueroso e cheio de misérias
Meus olhos estão mais claros...
Isso instiga inúmeras perguntas nas mentes desocupadas dos outros
E não me preocupa nem um pouco
Afinal, eles são as presas fáceis e não eu
Torno-me mais fria e calculista a cada dia
E percebo agora que eu estou com medo do que sinto
Que não sei mais se quero arriscar, mas queria decidir
Seria bom... Ele é incerto e complicado
À medida que tento entender me envolvo e perco os planos
Poderia perfeitamente deixar, esquecer e apagar essa historia
Não têm um ponto final, apenas vírgulas
Ele voltou tão bem, carinhoso e...
Como eu estou nervosa e com raiva por não conseguir resolver
Decidir por nos dois...
A brisa gelada cortou meu rosto
Uma leve nevoa sobe do lago
Estou aqui, sentada, confusa, com medo...
Enquanto observo a lua cheia e intensamente azul incidir sobre a água
Penso em como ele me torna uma presa fácil
E faço agora a única coisa que ele disse que não deveria ser feita:
Espero...espero que ele apareça!!!!

Anne Teixeira

Título: Decidir???

Autor: Anne Teixeira (todos os textos)

Visitas: 0

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãopepe

    05-09-2012 às 20:43:18

    que romantico...adorei galera.

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    05-09-2012 às 18:30:30

    Muito bom o seu texto! Parabéns!

    ¬ Responder

Comentários - Decidir???

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios